Debian 6.0 Squeeze lançado

6 de Fevereiro de 2011

Após 24 meses de constante desenvolvimento, o Projeto Debian tem o prazer de apresentar sua nova versão estável 6.0 (codinome Squeeze). O Debian 6.0 é um sistema operacional livre, vindo pela primeira vez em dois sabores. Ao lado do Debian GNU/Linux, o Debian GNU/kFreeBSD é introduzido com esta versão como uma prévia da tecnologia.

O Debian 6.0 inclui o KDE Plasma Desktop e Aplicativos, os ambientes de área de trabalho GNOME, Xfce, e LXDE assim como todos os tipos de aplicativos para servidor. Também apresenta compatibilidade com a FHS v2.3 e software desenvolvido para a versão 3.2 da LSB.

O Debian funciona em computadores desde palmtops e sistemas handheld a supercomputadores, e em quase tudo entre eles. Um total de nove arquiteturas são suportadas pelo Debian GNU/Linux: 32-bit PC / Intel IA-32 (i386), 64-bit PC / Intel EM64T / x86-64 (amd64), Motorola/IBM PowerPC (powerpc), Sun/Oracle SPARC (sparc), MIPS (mips (big-endian) e mipsel (little-endian)), Intel Itanium (ia64), IBM S/390 (s390), e ARM EABI (armel).

O Debian 6.0 Squeeze introduz prévias técnicas de dois novos portes para o kernel do projeto FreeBSD usando o conhecido espaço de aplicativos Debian/GNU: Debian GNU/kFreeBSD para o 32-bit PC (kfreebsd-i386) e o 64-bit PC (kfreebsd-amd64). Estes portes são os primeiros a serem incluídos em uma versão do Debian que não são baseados no kernel Linux. O suporte ao software comum de servidor está robusto e combina os recursos existentes nas versões Debian baseadas em Linux com os recursos únicos conhecidos do mundo BSD. Entretanto, para esta versão estes novos portes são limitados; por exemplo, alguns recursos avançados do desktop ainda não são suportados.

Outra novidade é o kernel Linux completamente livre, que não contém mais arquivos de firmware problemáticos. Estes foram divididos em pacotes separados e movidos do repositório main do Debian para a área non-free do nosso repositório, que não é habilitada por padrão. Desta forma, os usuários Debian têm a possibilidade de executar um sistema operacional completamente livre, mas ainda podem optar por usar arquivos de firmware não-livres se necessário. Os arquivos de firmware necessários durante a instalação podem ser carregados pelo sistema de instalação; imagens especiais de CD e arquivos tarball para instalações baseadas em USB também estão disponíveis. Mais informações a respeito disso podem ser encontradas na Página wiki de Firmware do Debian.

Além disso, o Debian 6.0 introduz um sistema de inicialização baseado em dependências, tornando a inicialização do sistema mais rápida e robusta devido a execução paralela dos scripts de inicialização e o controle correto de dependências entre eles. Várias outras mudanças tornam o Debian mais adequado para notebooks de tamanho reduzido, como a introdução do shell KDE Plasma Netbook.

Esta versão inclui numerosos pacotes de software atualizados, tais como:

O Debian 6.0 inclui mais de 10.000 novos pacotes como o navegador Chromium, a solução de monitoramento Icinga, a interface gráfica de gerenciamento de pacotes Central de Aplicativos, o gerenciador de rede wicd, as ferramentas de contêiner Linux lxc e a framework de cluster corosync.

Com esta ampla seleção de pacotes, o Debian mais uma vez permanece fiel ao seu objetivo de ser o sistema operacional universal. É apropriado para muitos casos diferentes de uso: de sistemas desktop a netbooks; de servidores de desenvolvimento a sistemas de cluster; e para servidores de banco de dados, web ou de armazenamento. Ao mesmo tempo, esforços adicionais para garantia de qualidade como instalação automática e testes de atualização para todos os pacotes nos repositórios Debian, assegurando que o Debian 6.0 satisfaz as altas expectativas que os usuários têm de uma versão estável do Debian. É sólido com rocha e rigorosamente testado.

A partir do Debian 6.0, as Distribuições Debian Customizadas são renomeadas para Debian Pure Blends. Sua cobertura tem aumentando conforme o Debian 6.0 adiciona Debian Accessibility, DebiChem, Debian EzGo, Debian GIS e Debian Multimedia às já existentes Debian Edu, Debian Med e Debian Science pure blends. O conteúdo completo de todas as blends pode ser acessado, incluindo possíveis pacotes que os usuários são convidados a indicar para adição na próxima versão.

O Debian pode ser instalado a partir de várias mídias de instalação tais como discos Blu-ray, DVDs, CDs e dispositivos USB ou através da rede. O GNOME é o ambiente de área de trabalho padrão e está contido no primeiro CD. Os outros ambiente de áreas de trabalho — KDE Plasma Desktop e Aplicativos, Xfce, ou LXDE — podem ser instalados através de duas imagens de CD alternativas. O ambiente de área de trabalho desejado também pode ser escolhido a partir dos menus de inicialização dos CDs/DVDs. Novamente estão disponíveis com o Debian 6.0 os CDs e DVDs multi-arquitetura que suportam instalação de múltiplas arquiteturas a partir de um único disco. A criação da mídia de instalação USB inicializável também foi extremamente simplificada; veja o Guia de Instalação para mais detalhes.

Além da mídia de instalação normal, o Debian GNU/Linux também pode ser diretamente utilizado sem instalação prévia. As imagens especiais usadas, conhecidas como imagens live, estão disponíveis para CDs, dispositivos USB e montagens via netboot. Inicialmente, estas são fornecidas apenas para as arquiteturas amd64 e i386. Também é possível usar estas imagens live para instalar o Debian GNU/Linux.

O processo de instalação para o Debian GNU/Linux 6.0 foi melhorado de várias maneiras, incluindo seleção mais fácil do idioma e configurações do teclado, e particionamento de volumes lógicos (LVM), RAID e sistemas criptografados. Também foi adicionado suporte para os sistemas de arquivos ext4 e Btrfs e — na arquitetura kFreeBSD — o sistema de arquivos Zettabyte (ZFS). O sistema de instalação para o Debian GNU/Linux agora está disponível em 70 idiomas.

As imagens de instalação podem ser baixadas agora mesmo via bittorrent (o método recomendado), jigdo ou HTTP; veja Debian em CDs para maiores informações. Em breve também estará disponível em mídias de DVD, CD-ROM e discos Blu-ray a partir de vários vendedores.

As atualizações para o Debian GNU/Linux 6.0 a partir da versão anterior, Debian GNU/Linux 5.0 (codinome Lenny), serão automaticamente manipuladas pela ferramenta de gerenciamento de pacotes apt-get para a maioria das configurações, e de certa forma, também pela ferramenta de gerenciamento de pacotes aptitude. Como sempre, os sistemas Debian GNU/Linux devem ser atualizados de forma indolor, no local, sem qualquer indisponibilidade forçada, mas é fortemente recomendado que você leia as notas de lançamento assim como o guia de instalação para possíveis problemas, e instruções detalhadas de instalação e atualização. As notas de lançamento ainda serão melhoradas e traduzidas para idiomas adicionais nas semanas após o lançamento.

Sobre o Debian

O Debian é um sistema operacional livre, desenvolvido por milhares de voluntários de todo o mundo que colaboram através da Internet. Os pontos chave do projeto Debian são a sua base de voluntários, a sua dedicação ao Contrato Social do Debian e ao Software Livre, e o seu compromisso de fornecer o melhor sistema operacional possível. O Debian 6.0 é mais um passo importante nesta direção.

Informações de Contato

Para mais informações, por favor, visite as páginas web do Debian em http://www.debian.org/ ou envie um e-mail para <press@debian.org>.