Notícias Semanais Debian (Debian Weekly News) - 16 de Dezembro de 2003

Bem vindo à quinquagésima edição da DWN, o periódico semanal para a comunidade Debian. Finalmente, o repositório CVS do site web foi ressucitado, mas o site ainda não pode ser atualizado. Chris Halls anunciou que ele e Rene Engelhard verificaram todas as alterações recentes no repositório CVS do OpenOffice.org. Christoph Berg propôs a nomeação da distribuição experimental como "scud", que é o nome do cachorro do Sid que quebrou brinquedos de modo até mesmo pior que o Sid.

Novos Recursos no APT-RPM. Joey Hess notou um artigo que descreve recursos no apt-rpm que não estão disponíveis no apt-get puro, Alguns deles interessantes. O recurso mais interesante é instalar arquivos locais mas satisfazer as dependências através da rede se necessário.

Relatório de Status do Instalador. Joey Hess relatou que há tantos relatórios de instalações que os desenvolvedores ainda não conseguiram responder. Ele adicionou que o principal foco para a próxima versão beta será nos portes e traduções. Muitos trabalhos foram iniciados para portar o debian-installer para mais arquiteturas, mas a maioria deles não estão nem próximos de funcionar.

Repositórios Públicos da X Strike Force. Branden Robinson anunciou a disponibilidade de acesso público, anônimo, somente-leitura aos repositórios Subversion da X Strike Force através do protocolo Subversion. O acesso de escrita é restrito às pessoas com acesso SSH ao host. Ramificações incluem o XFree86 4.1.0, 4.2.1 e 4.3.0.

Suporte a XFS no Instalador Debian? Gunnar Wolf questionou se o debian-installer deveria suportar o XFS, uma vez que ele será incluído em versões futuras do Linux 2.4. Joey Hess adicionou que uma vez que o kernel Debian padrão contenha XFS, suporte pode ser adicionado trivialmente ao debian-installer.

Construções Diárias do Debian-Installer. Martin Sjögren anunciou que ele reiniciou as construções diárias do debian-installer para a arquitetura x86. Construções mais antigas foram removidas porque ele não tinha tempo para verificar sua integridade.

Novos CDs de Atualização do Debian Estável. Depois que Ingo Saitz notou que o CD de atualização estava quebrado, Steve McIntyre criou novas imagens e arquivos jigdo que devem estar disponíveis nos lugares usuais em breve. Ele adicionou um arquivo README que explica porque houve dois arquivos de imagem com o mesmo nome.

Dependências para Prioridades Menores? Marc Haber perguntou se poderia ser permitido a pacotes dependerem de outros com prioridades menores. Não fazê-lo torna a criação de CDs mais fácil, mas ferramentas modernas podem seguir as dependências. Bastian Blank explicou que analisar os arquivos Packages inteiros durante a instalação básica exigiria pelo menos 6 MB adicionais de memória.

Debian AMD64 FAQ. Bart Trojanowski falou sobre o recurso do Wiki relacionado a este porte e mencionou a FAQ que algumas pessoas construíram lá. Adicionalmente, os desenvolvedores discutiram como implementar a mistura de bibliotecas de 32 e 64 bits.

Nomeando os Portes do BSD. Joel Baker relatou que ele foi abordado por um membro da equipe do NetBSD, que disse que "Debian GNU/KNetBSD" é um nome melhor para o porte que "Debian GNU/NetBSD". Robert Millan apontou que vários programas estão usando uname para identificação de sistema quando eles estão checando primariamente por recursos da libc. Assim, o nome precisa ser selecionado cuidadosamente. Joel adicionou o esquema de nomenclatura final posteriormente.

Escrevendo Arquivos Copyright. Peter Palfrader descobriu vários arquivos de copyright mal escritos por novos mantenedores e muitos por mantenedores antigos. Eles não possuem informações sobre o dono do copyright, a licença e não dizem que o software está licençiado sobre uma licença em particular. Ele escreveu então um guia de como escrever um arquivo copyright corretamente, contendo todas as informações necessárias. Desenvolvedores deveriam ler também a mensagem de Andrew Suffield sobre como eles deveriam escrever o referido arquivo.

Debian Espanha Fundada. Javier Fernández-Sanguino Peña relatou que uma organização Debian espanhola legal foi fundada durante a DebConf-ES por mais de 20 pessoas. A organização ainda precisa ser aprovada pelo Ministro de Assuntos Internos da Espanha. Uma vez que isto seja feito esta poderá ser também uma forma de coletar doações para o projeto Debian na Espanha, defender a trademark Debian e registrar o domínio debian.es.

Colaboração Entre o Debian e Desenvolvedores do KDE. Vários desenvolvedores Debian e KDE anunciaram uma proposta estratégica para colaboração mais próxima entre os projetos UserLinux e KDE. A estratégia consiste em melhoramentos empresarias no núcleo do KDE, instalador UserLinux e ferramentas de sistema, FreeDesktop.org, integração GNOME/GTK+ e integração com OpenOffice.org e Mozilla.

Usando tmpfs como Padrão? Masanori Goto (後藤 正徳) propôs o uso do tmpfs do Linux 2.4 na instalação padrão do sarge, o que já foi discutido há muito tempo. Roger Leigh adicionou que um limite de tamanho deveria ser adicionado uma vez que é muito mais amigável receber um ENOSPC do que um "kernel panic".

Provendo um Browser WWW gráfico. René Engelhard sugeriu o uso do pacote virtual x-www-browser para todos os navegadores web gráficos. Assim outros pacotes poderiam sugerir ou recomendar um navegador gráfico e o usuário poderia selecionar um dentre eles. Ele também gostaria de adicioná-lo à lista de pacotes virtuais.

Quer continuar lendo a DWN? Ajude-nos a criar esse periódico. Nós ainda precisamos de mais escritores voluntários que investiguem a comunidade Debian e nos relatem sobre eventos que ocorrerem. Veja a página de contribuições para saber como ajudar. Nós estamos aguardando sua mensagem em dwn@debian.org.


Para receber este boletim semanalmente em sua caixa postal, inscreva-se na lista debian-news-portuguese (versão em Português Brasileiro). Para receber o boletim em inglês, inscreva-se na lista debian-news.

Edições anteriores deste boletim estão disponíveis.

Esta edição das Notícias Semanais Debian foi editada por Andre Lehovich e Martin 'Joey' Schulze.
Ela foi traduzida por Gustavo R. Montesino.