Notícias Semanais Debian (Debian Weekly News) - 1 de Março de 2005

Bem vindo a nona edição deste ano da DWN, o periódico semanal para a comunidade Debian. Harald Welte relatou uma taxa de encaminhamento de pacotes UDP de 2.1 M pps (pacotes por segundo) por quatro portas ethernet gigabit, um novo recorde para o Linux. Depois que o OASIS, do qual o Debian é membro, aceitou uma política de patentes que tem conseqüências ruins na implementação de padrões, John Goerzen pediu suporte para uma carta aberta.

Informações sobre o Lançamento do Debian. Andreas Barth enviou novas informações sobre o progresso do lançamento nas quais ele delineou a linha do tempo para a terceira versão candidata a lançamento do debian-installer. A infraestrutura buildd também está melhorando, e em breve estará pronta para o lançamento. Muitos bugs foram corrigidos e várias bibliotecas antigas serão removidas do sarge.

Componentes para Cluster Debian. O Rudjer Boskovic Institute da Croácia lançou seus Componentes para Cluster Debian (Debian Cluster Components), que são um conjunto de ferramentas bem completo para construir clusters computacionais de alta performance baseados no Debian. Consiste-se em um conjunto de pacotes Debian que simplificam a criação e implantação de clusters baseados no Debian.

Relatório da LinuxWorld. Jaldhar Vyas e outros cuidaram de um estande Debian na LinuxWorld Expo em Boston e relataram sobre o evento. Eles acreditam que o show foi um sucesso, já que eles deram muitos CDs Debian, e coletaram algumas doações. Agora, mais pessoas ouviram falar sobre o Debian e seus derivados, que estavam bem representados no pavilhão .org. No entanto, eles ficaram desapontados pela comunidade do Software Livre ter ficado separada do resto da expo por uma parede.

Progresso do GNU/Hurd com L4. Após Marcus Brinkmann terminar o código do processo de inicialização no Hurd/L4, um esforço ambicioso para portar o hurd para o microkernel de alta performance L4, o primeiro programa foi executado nele. Portar o Hurd para o L4 diminuiu muito a velocidade do desenvolvimento, mas a execução do primeiro programa de usuário no Hurd/L4 é um primeiro passo muito importante.

Questões comuns sobre o lançamento. Drew Daniels configurou um documento wiki para cobrir a maioria das questões que os usuários podem ter sobre o próximo lançamento, especialmente sua disponibilidade e problemas temporários. Ele também responde questões sobre uploads novos ou críticos e a inclusão de pacotes no sarge.

Relacionamento mais próximo entre Mantenedor e Autor. Andrew Pollock pediu aos desenvolvedores Debian que mantenham um relacionamento próximo com os autores dos softwares que eles empacotarem para o Debian. Ele mencionou alguns exemplos nos quais esteve (mais ou menos) tomando pacotes e discutindo bugs com seus respectivos desenvolvedores, que ainda não sabiam sobre o sistema de gerenciamento de bugs do Debian. Isto deveria ser feito quando o bug não é resultado do empacotamento Debian.

Atualização do Status do Porte AMD64. Goswin von Brederlow enviou um relatório sobre o progresso do porte AMD64 do Debian. Ambos GNOME e KDE já tem suas dependências satisfeitas na árvore do sarge. Com os relatórios recentes de testes bem-sucedidos do debian-installer no AMD64, este porte finalmente alcançou o mesmo nível do lançamento oficial.

Atualizações de Segurança. Você sabe o que fazer. Certifique-se de atualizar seus sistemas caso tenha algum destes pacotes instalado.

Quer continuar lendo a DWN? Ajude-nos a criar esse periódico. Nós ainda precisamos de mais escritores voluntários que investiguem a comunidade Debian e nos relatem sobre eventos que ocorrerem. Veja a página de contribuições para saber como ajudar. Nós estamos aguardando sua mensagem em dwn@debian.org.


Para receber este boletim semanalmente em sua caixa postal, inscreva-se na lista debian-news-portuguese (versão em Português Brasileiro). Para receber o boletim em inglês, inscreva-se na lista debian-news.

Edições anteriores deste boletim estão disponíveis.

Esta edição das Notícias Semanais Debian foi editada por Martin 'Joey' Schulze.
Ela foi traduzida por Gustavo R. Montesino.