Alerta! Esta tradução está muito desatualizada, por favor leia o original.

Portes ] [ Debian GNU/Hurd ] [ Novidades ] [ Configuração ] [ CDs do Hurd ] [ Documentação ] [ Desenvolvimento ] [ Contato ]

Debian GNU/Hurd

Usando os CD-ROMs não-oficiais de instalação do Debian GNU/Hurd

Enquanto muitas pessoas chamam o sistema GNU de GNU/Hurd, isto não é totalmente verdadeiro. O núcleo (kernel) é o GNU Mach, não o Hurd. O Hurd é uma série de servidores que são executados sobre o micro-núcleo (microkernel), GNU Mach. Ambos, o Hurd e o GNU Mach são parte do projeto GNU, enquanto que o núcleo Linux é um projeto independente.

Atual série Debian GNU/Hurd K16.

Apenas as quatro primeiras de seis imagens foram lançadas para esta série.

Uma pequena mini imagem (debian-K16-hurd-i386-mini.iso) foi construída e deve ser útil para quem quiser instalar via rede.

baseGNU.tgz (um tarball da base do sistema GNU) foi especialmente construído para este conjunto de CDs.

Importante: Por favor, dê uma olhada nas notas de atualização.

Download

As atuais imagens iso são debian-K16-hurd-i386-CDx.iso. Todos os binários específicos para um sistema GNU são encontrados nos primeiros dois CDs, e todos os pacotes necessários (required), importantes (important) e padrões (standard) são encontrados no primeiro CD. Deste modo, um sistema GNU básico pode ser instalado usando o primeiro CD.

Estes sites normalmente espelham imagens, mas cheque primeiro.

O site principal é http://ftp.debian-ports.org/debian-cd/ na França, e espelhos para estas imagens estão http://www.superunprivileged.org/debian-cd/no Canadá, ftp://ftp.duckcorp.org/hurdfr/hurd/ na França e ftp://ftp.eila.jussieu.fr/pub/Debian-CD/ na França.

Uma busca por hurd-K em http://www.filesearching.com/ pode encontrar um local mais próximo.

Instruções para queimar CDs a partir das imagens podem ser encontradas no Debian CD FAQ.

CD-ROMs

Veja esta página para vendedores de CDs GNU/Hurd. Procure por hurd usando a ferramenta de busca do seu navegador. http://www.copyleft.co.nz/ definitivamente terá os últimos CDs (aviso, este sou eu).

Como funciona o Disco de Instalação

Os CDs de instalação do Debian GNU/Linux potato usam o método instalação cruzada para instalar o sistema base. Um ramdisk é criado na memória e um mini sistema GNU/Linux instalado neste disco. Este mini sistema é usado para particionar e formatar unidades, e para preparar a máquina alvo para a instalação principal. A fase crítica é desempacotar um tarball com os pacotes base essenciais dentro das unidades do sistema alvo. O novo sistema é então reiniciado usando os pacotes desempacotados dentro do HD. Outros pacotes são então instalados e configurados para criar o sistema desejado.

Como o GNU também usa o método de instalação cruzada, isto significa que os scripts usados para construir os CDs de instalação do GNU podem ser adaptados dos scripts do CD e de inicialização do Debian GNU/Linux de modo que o tarball descompactado seja o GNU ao invés do GNU/Linux.

Instalar um sistema GNU usando um jogo de cd-roms tem muitas vantagens.

Partições Hurd

O Hurd usa extensões do sistema de arquivos ext2, a chamada é mke2fs -b 4096 -I 128 -o hurd /dev/[partição Hurd]. Os CDs de instalação usam esta chamada ao criar partições Hurd.

Usando o CD de instalação

Preparação.

Documentação específica do Hurd é encontrada em ./doc/hurd. O guia de instalação hurd (hurd-install-guide) e o livro de receitas (Cook-book) são leitura obrigatória antes de você começar.

  1. Faça um disco de inicialização do GRUB

    Instale o pacote grub-disk, ele contém uma imagem do GRUB para disquete. Você pode usar dd se estiver trabalhando no GNU/Linux ou rawrite se estiver em MS.

  2. Esteja certo de que você entende os métodos pelos quais o Linux, GRUB e Hurd nomeiam unidades e partições. Você estará usando todos os três e a relação entre eles pode causar confusão.

Hurd usa nomes de partições diferentes do Linux, por isso seja cuidadoso. Discos IDE estão numerados em ordem, começando por hd0 para o mestre primário e seu escravo hd1, seguidos pelo mestre secundário hd2 e seu escravo hd3. Unidades SCSI também são numerados em ordem absoluta. Eles serão sempre sd0, sd1 e adiante não importando se as duas unidades tem id SCSI 4 ou 5 ou qualquer outra. A experiência tem mostrado que unidades de CD-ROM podem ser trabalhosas. Falaremos mais sobre isso adiante.

Partições Linux são sempre chamadas sn quando usando o Hurd, onde n é o número da partição, deste modo, a primeira partição da primeira unidade IDE será hd0s1, a terceira partição na segunda unidade SCSI será sd1s3 e assim por diante.

O GRUB, por sua vez, tem outro sistema de nomeação de partições. Ele chama partições (hdN,n), mas desta vez, o número do disco e da partição são baseados em zero, e os discos estão em ordem, todos os IDE primeiro, e depois todos os SCSI. Desta vez, a primeira partição no primeiro IDE será (hd0,0). Para realmente causar confusão, (hd1,2) poderia se referir à primeira unidade SCSI se você tiver apenas uma unidade IDE, ou poderia se referir ao segundo IDE. Então é importante que você já tenha calculado os vários nomes de suas partições antes de começar.

Instalação

  1. Inicialize pelo CD.

    Qualquer dos métodos para inicializar um CD do Debian 3.0 beta (woody) funcionará, isto é, direto do CD, do MS e de qualquer uma das imagens de boot/root para disquete. Um conjunto completo de disquetes base pode ser criado se não houver unidade de CD.

  2. Depois das telas de abertura, abra Particionar um Disco Rígido.

    Se você for copiar os pacotes .deb para o HD vai precisar criar outras partições, uma para cada CD. Já que o parted está disponível para o GNU/Hurd, você pode usar esta facilidade. Aproximadamente 500 MB serão suficientes para o sistema principal. Se você precisar criar outras partições, então pode achar mais fácil inicializar novamente pelo CD1 e usar as ferramentas no ramdisk Linux para fazer isso.

  3. Calcule os nomes no estilo GRUB e Hurd para as partições que você usará.
  4. Prepare suas partições usando Particionando um Disco Rígido e tenha certeza que criou uma partição swap. GNU/Hurd é meio confuso sobre swap.
  5. Formate sua partição Hurd usando Inicializar uma partição Hurd e monte-a em /. Não monte nenhuma outra partição.
  6. Instale o sistema base usando Instalar o Sistema Base.
  7. Insira um disquete do GRUB na unidade e inicialize por ele com Reiniciar o sistema (e não esqueça de resetar a bios). É isto! [Primeira reinicialização]

Se a sua partição GNU/Hurd é (hd0,0) [Nomenclatura GRUB] e sd0s1 [GNU/Hurd], o que, sendo interpretado, significa a primeira partição no primeiro HD, que é SCSI, e não há unidades IDE, o sistema inicializará sem intervenção.
A imagem GRUB foi preparada e agora um pouco de edição é necessário para iniciar o sistema GNU.

Mantenha suas mãos fora do teclado até que o processo de inicialização tenha sido completado.

/boot/grub/menu.lst no disquete GRUB pode ser editado para seu sistema inicializar do jeito que você quiser.

Os próximos passos.

  1. Depois que o sistema foi inicializado, execute ./native-install. Reinicie o sistema usando reboot. É IMPORTANTE observar as mensagens de inicialização e notar onde o cdrom está. [Segunda reinicialização]
  2. Depois de reiniciar, execute ./native-install uma segunda vez. Desta vez um monte de pacotes será configurado. Reinicie mais uma vez. [Terceira reinicialização]. Você terá agora um sistema para configurar.
    Entre como root, login root.
  3. Dê um cd /dev . Crie os dispositivos necessários. Isto é, para o cdrom, a partição swap e outras partições do HD.

    Ex.: MAKEDEV hd2 hd0s2 hd0s3

  4. Edite /etc/fstab, nano /etc/fstab. nano não é um mau editor.

    Adicione as partições, por exemplo,

    /dev/[Nome de partição Hurd]	none	swap		sw		0	0
    /dev/[Nome de partição Hurd]	/CD1	ext2		rw		1	1
    /dev/[Nome de unidade GNU]	/cdrom	iso9660fs	ro,noauto	1	1
    

    Hurd usa o sistema de arquivos ext2. /CD1 é uma sugestão de ponto de montagem para a partição que contém os pacotes do debian-K16-hurd-i386-CD1. A partição swap pode ser compartilhada com o Linux.

  5. Ative a swap swapon -a. Verifique se está funcionando. Usar swap é ALTAMENTE recomendado com o Hurd.
  6. Configure o tradutor que acessará o cdrom, por exemplo:

    settrans -a /cdrom /hurd/iso9660fs /dev/[Nome de unidade Hurd]
    Esta é a maneira GNU de fazer isto, mount /cdrom também funcionará.

  7. Execute /cdrom/upagrade/install.sh

    Isto instalará os pacotes marcados como requerido, importante e padrão.

  8. Você pode querer executar cdrom/upgrade/gui.sh.

    Isto instalará o X Window System.

  9. Outros pacotes podem ser instalados usando apt ou dselect.

    Se não for familiar com essas ferramentas Debian, veja info apt e info dselect.

  10. Desmontando o cdrom

    A unidade de cdrom é desmontada com settrans -agf /cdrom.
    A gaveta da unidade deve então ser destravada.

Aqui é onde este guia acaba e onde você começa a explorar. Aprecie o Hurd.

Comentários sobre os CDs são bem-vindos.
Philip Charles, philipc@debian.org (Autor da versão original deste guia, em inglês).