6.1. Como o programa de instalação Funciona

O Debian installer consiste em um número de componentes de propósitos especiais para fazer cada tarefa de instalação. Cada componente faz sua tarefa, perguntando ao usuário questões necessárias para fazer seu trabalho. Estas questões possuem prioridades definidas e a prioridade das questões a serem mostradas é configurada quando o programa de instalação se inicia.

Quando uma instalação padrão é feita, somente questões essenciais (alta prioridade) são feitas. Isto resulta em um processo de instalação altamente automatizado com pouca interação com o usuário. Os componentes são automaticamente executados em seqüência; que componentes são executados dependem principalmente do método de instalação que está usando em seu hardware. O programa de instalação usará valores padrões para questões que não forem perguntadas.

Se ocorrer um problema, o usuário verá uma tela de erro e o menu do programa de instalação será mostrado para selecionar uma ação alternativa. Se não existirem problemas, o usuário nunca verá o menu do programa de instalação, mas simplesmente responderá questões para cada componente por vez. Notificações de erros sérios são marcadas para “crítica”, então o usuário será notificado.

Alguns dos valores padrões que o programa de instalação utiliza podem ser influenciados passando parâmetros de inicialização quando o debian-installer é iniciado. Por exemplo, se deseja forçar a configuração de rede estática (DHCP é usado por padrão se estiver disponível) você deverá adicionar o parâmetro de inicialização netcfg/disable_dhcp=true. Veja Seção 5.2.1, “Parâmetros da instalação da Debian” para ver as opções disponíveis.

Usuários avançados podem estar mais confiantes com uma interface dirigida por menus, onde cada passo é controlado pelo usuário ao invés da instalação fazendo cada passo automaticamente na seqüência. Para usar o programa em modo manual, no método via menus, adicione o argumento de inicialização priority=medium.

Caso seu hardware requerer opções especiais para os módulos do kernel durante sua instalação, você precisará iniciar o programa de instalação em modo “expert”. Isto pode ser feito ou usando o comando expert para iniciar o programa de instalação ou adicionando o argumento de inicialização priority=low. O modo expert lhe da controle total sobre o debian-installer.

A tela do programa de instalação normal é baseado em caracteres (como oposto a interface gráfica mais familiar). O mouse não é operacional neste ambiente. Estas são as teclas que você poderá usar para navegar dentro das diversas caixas de diálogo. A tecla Tab ou seta para direita move “para frente”, e Shift-Tab ou seta para esquerda movem “para trás” entre os botões mostrados e seleções. A seta para cima e baixo selecionam os diferentes itens dentro de uma lista com rolagem, e também movem a lista. Em adição, em listas longas, você poderá digitar a letra que fará a lista rolar diretamente para a seção que inicia por aquela letra e usar Pg-Up e Pg-Down para rolar a lista em seções. A barra de espaço seleciona um item como uma checkbox. Use a tecla Enter para ativar as escolhas.

As mensagens de erro e logs são direcionados para o quarto console. Você poderá acessar este console digitando Left Alt-F4 (pressione a tecla Alt esquerda enquanto pressiona a tecla de função F4); volte para o processo de instalação principal pressionando Left Alt-F1.

Esta mensagens também podem ser encontradas no arquivo /var/log/syslog. Após a instalação, esta mensagem de log é copiada para /var/log/syslog em seu novo sistema. As outras mensagens de instalação podem ser encontradas em /var/log/ durante a instalação, e /var/log/installer/ após o computador ser iniciado com o sistema recém instalado.