C.5. Programas de particionamento da Debian

Diversas variedades de programas de particionamento foram adaptados por desenvolvedores da Debian para funcionar com vários tipos de discos rígidos e arquiteturas de computadores. O seguinte é uma lista de programas aplicáveis para sua arquitetura.

partman

Ferramenta de particionamento recomendada na Debian. Esse canivete suíço também pode redimensionar, criar sistemas de arquivos e te indicar pontos de montagem.

cfdisk

Um particionador de disco simples de se utilizar e em tela cheia para o resto de nós.

Note que o cfdisk não entende partições do FreeBSD completamente e, novamente, os nomes de dispositivos podem ser diferentes.

mac-fdisk

Versão do programa fdisk do atari.

Um destes programas será executado por padrão quando selecionar Particionando Discos (ou similar). Talvez seja possível usar uma ferramenta de particionamento diferente a partir da linha de comando no terminal 2 (VT2), mas isto não é recomendado.

Um ponto chave é a identificação da partição swap por seu nome; ela terá o nome “swap”. Todas as partições Mac do linux são o mesmo tipo de partição; Apple_UNIX_SRV2. Por favor leia o belo manual. Nós também sugerimos a leitura do tutorial do fdisk do mac que inclui passos que deverá fazer se estiver compartilhando seu disco com o MacOS.

C.5.1. Particionamento em PowerMacs novos

Se estiver instalando em um PowerMac NewWorld você deverá criar uma partição especial de inicialização para armazenar o gerenciador de partida. O tamanho desta partição deverá ser de 800Kb e seu tipo de partição deverá ser Apple_Bootstrap. Caso a partição de inicialização não for criada com o tipo Apple_Bootstrap sua máquina não poderá se tornar inicializável através do disco rígido. Esta partição poderá ser facilmente criada criando uma partição no partman e dizendo-o para usa-la como uma “Partição de inicialização NewWorld” ou no mac-fdisk usando o comando b.

O tipo de partição especial Apple_Bootstrap é requerido para evitar que o MacOS monte e danifique a partição de inicialização, pois lá existem modificações especiais para faze-la inicializar o OpenFirmware automaticamente.

Note que a partição de inicialização somente armazena 3 arquivos muito pequenos: o binário yaboot, sua configuração em yaboot.conf e o carregador do primeiro estágio do OpenFirmware ofboot.b. Ele não precisa e não deve ser montado em seu sistema de arquivos nem ter kernels ou qualquer outra coisa copiada para ele. Os utilitários ybin e mkofboot são usados para manipular esta partição.

Para o OpenFirmware inicializar automaticamente na Debian GNU/Linux a partição de inicialização deverá aparecer antes das partições de inicialização no disco, especialmente as partições de inicialização do MacOS. A partição de inicialização deverá ser a primeira que criar. No entanto, se adicionar uma partição de inicialização mais adiante, você poderá usar o comando r do mac-fdisk para reordenar o mapa da partição assim a partição de inicialização se tornará a real após o mapeamento (que é sempre a partição 1). É uma ordenação de mapeamento lógico não de endereços físicos, isto conta.

Os discos da apple normalmente rem diversas pequenas partições de controladores. Se não tiver a intenção de fazer dupla inicialização com o MacOSX, você deverá reter estas partições e uma pequena partição HFS (800Kb é o tamanho mínimo). Isto é por causa que o MacOSX, em cada inicialização, se oferece para inicializar qualquer disco que não tem partições MacOS ativas e partições de controladores.