4.5. Preparando arquivos para a inicialização através do disco rígido

O programa de instalação poderá ser iniciado usando arquivos colocados em uma partição de disco rígido existente ou carregados de outro sistema operacional ou chamando o gerenciador de partida diretamente pela BIOS.

Uma instalação completamente “via rede” pode ser feita usando esta técnica. Isto evita a chatice de mídias removíveis, como o trabalho de procurar e queimar imagens de CD ou ter uma grande quantidade de disquetes não confiáveis.

O programa de instalação não pode inicializar através de arquivos em um sistema de arquivos NFS+. O sistema MacOS 8.1 e superiores podem usar o sistema de arquivo HFS+. Para determinar se o sistema de arquivos existente é HFS+, selecione Get Info para o volume em questão. Os sistemas de arquivos HFS aparecem como Mac OS Standard, enquanto sistemas de arquivos HFS+ aparecem como Mac OS Extended. Você deverá ter uma partição HFS para trocar arquivos entre o MacOS e Linux, em particular a instalação dos arquivos que você baixou.

Programas diferentes são usados para inicialização do sistema usando a instalação em disco rígido dependendo se o sistema é um modelo “NewWorld” ou “OldWorld”.

4.5.1. Inicialização do sistema de instalação usando Disco Rígido no Mac OldWorld

O disquete boot-floppy-hfs usa o miBoot para carregar a instalação do Linux, mas o miBoot não poderá ser usado com facilidade para dar partida usando o disco rígido. O BootX, carregado a partir do MacOS, suporta a inicialização através de arquivos colocados no disco rígido. O BootX poderá também ser usado para dupla inicialização entre o MacOS e Linux após terminar a instalação da Debian. Para a Performa 6360, parece que o quik não pode tornar o disco rígido inicializável. Assim o BootX é requerido naquele modelo.

Baixe e descompacte os arquivos distribuídos com o BootX, disponíveis em http://penguinppc.org/projects/bootx/, ou no diretório dists/woody/main/disks-powerpc/current/powermac dos CDs oficiais da Debian. Use o Stuffit Expander para descompacta-lo de seus arquivos. Dentro do pacote existirá uma pasta vazia chamada Linux Kernels. Copie os arquivos linux.bin e ramdisk.image.gz da pasta disks-powerpc/current/powermac e coloque-os na pasta Linux Kernels. Então coloque a pasta Linux Kernels na pasta ativa do sistema.

4.5.2. Inicialização do sistema de instalação a partir do Disco Rígido no Macintosh NewWorld

Os PowerMacs NewWorld suportam a inicialização através de uma rede ou CD-ROM ISO9660 assim como carregar os binários ELF diretamente através do disco rígido. Estas máquinas inicializarão o Linux diretamente através do yaboot que permitem carregar um kernel e disco RAM diretamente de uma partição ext2 assim como dupla inicialização com o MacOS. A inicialização através do disco rígido é particularmente apropriada para máquinas novas sem unidades de disquetes. O BootX não é suportado e não deve ser usado em PowerMacs NewWorld.

Copie (não mova) os seguintes quatro arquivos que copiou anteriormente do repositório da Debian para o diretório raiz do seu disco rígido (isto poderá ser feito apertando a tecla option enquanto arrasta cada arquivo para o ícone do disco rígido).

  • vmlinux

  • initrd.gz (de dentro da pasta images-1.44)

  • yaboot

  • yaboot.conf

Anote o número da partição do MacOS onde colocou estes arquivo. Se tiver o programa do MacOS pdisk, você poderá usar o comando L para verificar o número da partição. Você precisará deste número de partição para o comando que digitar no aviso de comando do Open Firmware quando iniciar o programa de instalação.

Para iniciar o programa de instalação, siga até Seção 5.1.2.3, “Inicializando Macs NewWorld através do OpenFirmware”.