[ anterior ] [ Índice ] [ 1 ] [ 2 ] [ 3 ] [ 4 ] [ 5 ] [ 6 ] [ A ] [ próximo ]


Notas de Lançamento de Debian GNU/Linux 4.0 ("etch"), SPARC
Capítulo 3 - Sistema de Instalação


O Instalador Debian é o sistema oficial de instalação da Debian. Oferece uma variedade de métodos de instalação. Quais os métodos que se encontram disponíveis para instalar o seu sistema depende da sua arquitectura.

As imagens do instalador para a etch podem ser encontradas juntamente com o Guia de Instalação no website Debian.

O Guia de Instalação está também incluído no primeiro CD/DVD do conjunto oficial de CD/DVDs Debian, em:

     /doc/install/manual/language/index.html

Pode também querer verificar a errata do debian-installer para ver uma lista de problemas conhecidos.


3.1 Problemas com 'framebuffer' em SPARC

Devido aos problemas de visualização em alguns sistemas, o suporte ao 'framebuffer' está por omissão desactivado para a maioria das placas gráficas de SPARC. Pode assim resultar numa má visualização em sistemas que suportem devidamente o 'framebuffer'. Se detectar problemas com a visualização no instalador pode tentar arrancar o mesmo com o parâmetro framebuffer=true. Por favor avise-nos se o 'framebuffer' não for utilizado por omissão, mas funcione correctamente no seu hardware.


3.2 Problemas com o arranque em SPARC

Foi relatado por vários utilizadores que o CD de instalação não arranca com sucesso após o comando da PROM 'boot cdrom', mostrando o erro 'Instrução Ilegal'

A explicação aparente para este problema é que não funciona devido à máquina ter sido anteriormente reiniciada através do Solaris. Para conseguir arrancar, deligue completamente a máquina, e arranque directamente com o CD de instalação.

The problem was reported by users of various systems (namely, Enterprise 450, Blade 2000, Fire V240, Enterprise 250, Blade 100, Enterprise 220R, and Sun Ultra 60 at the time of writing), so it is believed to be generic. Please let us know if you observe similar issues with your hardware.


3.3 Issues with booting from qla2xxx on SPARC

It has been reported by several users that the installation system fails to recognize hard disks on machines which have the hard disks connected to a QLogic fibre-channel SCSI controller. This includes the Sun Fire 280R servers. The qla2xxx driver loads, but it cannot load firmware, which makes it useless.

The explanation for this problem is that the QLogic controller firmware is not free, and it had to be moved to a separate non-free package (firmware-qlogic) which is not used by the installation system.

There is no straightforward solution, unfortunately; one has to first provide the firmware image to the installation system, and then later do the same in the installed system. To get the installer to load the firmware, one has to have network connectivity while the machine is being installed in order to download the firmware-qlogic udeb package with wget, install it with udpkg, and then reload the qla2xxx module. After the installation is complete, mount the new root partition, chroot to it, fetch the firmware-qlogic deb package, install it with dpkg, and then run update-initramfs in order to include it in the initial ramdisk image used by the kernel.

Alternatively, install from an older installation CD (where that non-free firmware was still integrated) and then upgrade.


3.4 Size of harddisk not detected correctly

If a hard disk has previously used under Solaris, the partitioner may not detect the size of the drive correctly. Creating a new partition table does not fix this issue. What does help, is to "zero" the first few sectors of the drive:

     # dd if=/dev/zero of=/dev/hdX bs=512 count=2; sync

Note that this will make any existing data on that disk inaccessible.


3.5 O que há de novo no sistema de instalação?

Houve muito desenvolvimento no Instalador Debian desde o seu primeiro lançamento oficial com a sarge resultando tanto em melhorias no suporte de hardware bem como em algumas excitantes novas funcionalidades.

Nestas Notas de Lançamento nós apenas listamos as maiores mudanças no instalador. Se estiver interessado numa visão dos detalhes das mudanças desde a sarge, por favor veja os anúncios de lançamento da etch beta e lançamentos RC disponíveis a partir do histórico de notícias do Instalador Debian.


3.5.1 Grandes alterações

Não é necessário reiniciar o sistema durante a instalação

Anteriormente, a instalação era dividida em duas partes: instalar o sistema base e torná-lo de arranque, seguido de um reiniciar do sistema e depois disso a execução do base-config que tomaria conta de coisas como a configuração de utilizadores, configuração do sistema de gestão de pacotes e a instalação de pacotes adicionais (utilizando o tasksel).

Para a etch a segunda fase foi integrada no próprio instalador Debian. Isto tem algumas vantagens, incluindo o aumento da segurança e o facto de que após reiniciar o sistema no final da instalação o novo sistema já deverá ter o fuso horário correcto, e ainda, se instalou o ambiente de Desktop, irá iniciar logo a interface gráfica.

Codificação UTF-8 por omissão para novos sistemas

O instalador irá configurar os sistemas de modo a utilizarem a codificação UTF-8 em vez das codificações específicas antigas (como ISO-8859-1, EUC-JP ou KOI-8).

Modo de criar partições mais flexível

Agora é possível criar sistemas de ficheiros num volume LVM utilizando o particionamento guiado.

O instalador também é capaz de criar sistemas de ficheiros encriptados. Ao utilizar o particionamento manual terá a opção de escolher entre dm-crypt e loop-aes, utilizando uma frase-chave ou uma chave aleatória, e pode ainda afinar várias outras opções. Ao utilizar o particionamento guiado, o instalador irá criar uma partição LVM encriptada que contém quaisquer outros sistemas de ficheiros (excepto /boot) como um volume lógico.

Modo de recuperação

Pode utilizar o instalador para resolver problemas com o seu sistema, por exemplo quando o mesmo se recusa a arrancar. Os primeiros passos serão idênticos a uma instalação normal, no entanto o instalador não irá iniciar o programa responsável pela criação de partições. Em vez disso oferecerá um menu com opções de recuperação.

Active o modo de recuperação arrancando o instalador com rescue, ou adicionando o parâmetro de arranque rescue/enable=true.

Utilização do sudo em vez da conta de root

Durante instalações avançadas pode escolher não definir uma conta de root (esta será bloqueada), mas alternativamente definir sudo de modo a que o primeiro utilizador possa utilizá-lo para a administração do sistema.

Verificação criptográfica de download de pacotes

O download de pacotes com o instalador é agora verificado criptograficamente utilizando o apt, tornando mais difícil comprometer um sistema ao ser instalado através da rede.

Configuração simplificada do mail

Se o "sistema standard" for instalado, o instalador instala uma configuração básica para o servidor de mail do sistema que apenas disponibiliza entrega local de e-mail. O servidor de mail não estará disponível aos outros sistemas ligados na mesma rede. Se desejar configurar o seu sistema para lidar com e-mail não local ao sistema (quer enviar e-mail quer recebê-lo) você terá de reconfigurar o sistema de mail após a instalação.

Escolha de Desktop

O sistema de instalação irá instalar um desktop GNOME como o desktop por omissão se o utilizador pedir um.

No entanto, os utilizadores que desejam instalar ambientes de desktop alternativos podem fazê-lo facilmente acrescentanto os parâmetros de arranque: tasks="standard, kde-desktop" para o KDE e tasks="standard, xfce-desktop" para o Xfce. Note que isto não irá funcionar quando instalar a partir de uma imagem de CD completa sem utilizar um mirror na rede como uma fonte de pacotes adicional; irá funcionar quando utilizar uma imagem de DVD ou qualquer outro método de instalação.

Existem também disponíveis imagens de CD distintas que instalam, por omissão, o ambiente de desktop KDE ou o Xfce.

Novos idiomas

Graças aos enormes esforços dos tradutores, Debian pode agora ser instalado em 47 idiomas utilizando a instalação com o interface em modo de texto. Isto são mais seis idiomas do que na sarge. Os idiomas acrescentados neste lançamento incluem o Bielorusso, o Esperanto, o Estónio, o Curdo, o Macedónio, o Tagalog, o Vietnamita e o Wolof. Devido à falta de actualização da tradução, dois idiomas foram descontinuados neste lançamento: o Persa e o Galês.

Os utilizadores que não desejem utilizar qualquer locale podem agora escolher C como o seu locale preferido na escolha de idioma no instalador. Mais informação acerca da cobertura de idiomas está disponível na lista de idiomas do d-i.

Escolha simplificada da localização e fuso horário

A configuração dos idiomas, países, e fusos horários foi simplificada para reduzir a quantidade de informação necessária dada pelo utilizador. O instalador agora irá adivinhar o país e fuso horário do sistema a partir do idioma escolhido, ou se não o conseguir, irá disponibilizar um leque de escolhas limitado. Se for necessário os utilizadores podem ainda introduzir combinações obscuras.

Localização para todo o sistema melhorada

A maioria das tarefas de internacionalização e de localização que eram previamente lidadas pela ferramenta localization-config são agora incluídas no próprio instalador Debian ou nos próprios pacotes. Isto significa que a escolha do idioma irá instalar automaticamente os pacotes necessários para esse idioma (dicionários, documentação, fontes...) em ambos os ambientes standard e desktop. A configuração que já não é lidada automaticamente inclui a configuração do tamanho do papel e algumas configurações avançadas do teclado para o X Windows para alguns idiomas.

Note que os pacotes específicos de idiomas apenas serão automaticamente instalados se estiverem disponíveis durante a instalação.


3.5.2 Instalação automatizada

Muitas das alterações mencionadas na secção anterior implicam também alterações no suporte ao instalador para a instalação automática utilizando ficheiros pré-configurados. Significa que não pode esperar que ficheiros pré-configurados que funcionem com o instalador da sarge funcionem também com o novo instalador sem qualquer modificação.

As boas notícias são que o Guia de Instalação tem agora um apêndice separado com documentação extensiva sobre como utilizar a pré-configuração.

O instalador da etch introduz algumas novas funcionalidades excitantes que permitem uma maior e mais fácil automatização das instalações. Acrescenta também suporte para particionamento avançado utilizando RAID, LVM e LVM encriptado. Veja a documentação para mais detalhes.


3.6 Concurso de popularidade

O sistema de instalação irá novamente oferecer-se para instalar o pacote popularity-contest. Este pacote não foi, por omissão, instalado na sarge mas era instalado em lançamentos mais antigos.

O popularity-contest fornece informação valiosa ao Projecto Debian sobre quais os pacotes na distribuição que estão actualmente em uso. Esta informação é utilizada principalmente para decidir a ordem de inclusão dos mesmos em CD-ROMs de instalação, mas também para ser consultada por Debian 'developers' para decidirem a adopção ou não de um pacote que deixa de possuir um 'maintainer'.

A informação do popularity-contest é processada anonimamente. Nós ficaríamos muito agradecidos se pudesse participar neste inquérito oficial, ajudar a melhorar a Debian.


[ anterior ] [ Índice ] [ 1 ] [ 2 ] [ 3 ] [ 4 ] [ 5 ] [ 6 ] [ A ] [ próximo ]


Notas de Lançamento de Debian GNU/Linux 4.0 ("etch"), SPARC

$Id: release-notes.en.sgml,v 1.312 2007-08-16 22:24:38 jseidel Exp $

Josip Rodin, Bob Hilliard, Adam Di Carlo, Anne Bezemer, Rob Bradford, Frans Pop (actual), Andreas Barth (actual), Javier Fernández-Sanguino Peña (actual), Steve Langasek (actual)
debian-doc@lists.debian.org