2.1. Hardware Suportado

O Debian não impõe requisitos de hardware para além do que é requerido pelo kernel Linux e pelas ferramentas GNU. Por isso qualquer arquitectura ou plataforma para a qual tenha sido portado o kernel Linux, libc, gcc, etc. e para o qual exista um port de Debian, pode correr Debian. Para mais detalhes de sistema com a arquitectura Intel x86 que tenham sido testados com Debian por favor veja as páginas dos Ports em http://www.debian.org/ports/i386/.

Em vez de tentar descrever todas a configurações de hardware que são suportadas por Intel x86, esta secção contém informação geral e indicações de onde se pode encontrar informação adicional.

2.1.1. Arquitecturas Suportadas

Debian 3.1 suporta onze arquitecturas de maior relevo e várias variações de cada arquitectura conhecidas por “flavors”.

Arquitectura Designação Debian Sub-arquitectura Flavor
Baseado em Intel x86 i386   vanilla
speakup
linux26
Motorola 680x0 m68k Atari atari
Amiga amiga
68k Macintosh mac
VME bvme6000
mvme147
mvme16x
DEC Alpha alpha    
Sun SPARC sparc   sun4cdm
sun4u
ARM e StrongARM arm   netwinder
riscpc
shark
lart
IBM/Motorola PowerPC powerpc CHRP chrp
PowerMac pmac
PReP prep
APUS apus
HP PA-RISC hppa PA-RISC 1.1 32
PA-RISC 2.0 64
Baseado em Intel ia64 ia64    
MIPS (big endian) mips SGI Indy/Indigo 2 r4k-ip22
r5k-ip22
Broadcom BCM91250A (SWARM) sb1-swarm-bn
MIPS (little endian) mipsel Cobalt cobalt
DECstation r4k-kn04
r3k-kn02
Broadcom BCM91250A (SWARM) sb1-swarm-bn
IBM S/390 s390 IPL a partir de VM-reader e DASD generic
IPL a partir de tape tape

Este documento aborda a instalação na arquitectura Intel x86. Se está á procura de informação acerca de qualquer uma das outras arquitecturas suportadas por Debian veja a página das Conversões Debian.

2.1.2. Suporte de Processadores, Placas principais e de Vídeo

Informação completa acerca dos periféricos suportados pode ser encontrada no HOWTO de Compatibilidade de Hardware Com Linux. Esta secção apenas enumera o básico.

2.1.2.1. CPU

Quase todos os processadores baseados em x86 são suportados, incluindo os processadores AMD e VIA (antiga Cyrix). Também são suportados os processadores recentes como o Athlon XP e o Intel P4 Xeon. No entanto, Linux não corre em processadores 286 ou anteriores.

2.1.2.2. I/O Bus

O bus de sistema é a parte da motherboard que permite que o processador comunique com os periféricos como dispositivos de armazenamento. O seu computador tem que utilizar ISA, EISA, PCI, a Microchannel Architecture (MCA, utilizada nos PS/2 da IBM), ou Vesa Local Bus (VLB, também conhecido por bus VL).

2.1.3. Placa Gráfica

Você deverá estar a utilizar uma placa gráfica compatível com VGA para a consola de terminal. Quase todas as placas gráficas modernas são compatíveis com VGA. Standarts antigos como o CGA, o MDA, ou o HGA também funcionam, desde que você não necessite suporte para X11. É de notar que o X11 não é utilizado durante o processo de instalação descrito neste documento.

O suporte Debian para placas gráficas é determinado sob o suporte existente no sistema X11 da XFree86. A maioria das placas de vídeo AGP, PCI e PCIe trabalham com XFree86. Detalhes sobre barramentos gráficos, placas, monitores e dispositivos apontadores suportados podem ser encontrados em http://www.xfree86.org/. Debian 3.1 vem com XFree86 versão 4.3.0.

2.1.4. Portáteis

Os portáteis também são suportados. Os portáteis são muitas vezes hardware especializado ou contêm hardware proprietário. Para saber se o seu portátil funciona bem com GNU/Linux veja as páginas do Linux Laptop.

2.1.5. Múltiplos Processadores

Suporte para múltiplos processadores — também conhecido por “symetric multi-processing” ou SMP — é suportado nesta arquitectura e é suportado por uma imagem de kernel pré-compilada. Dependendo do meio de instalação este kernel capaz de SMP pode ou não ser instalado por omissão. Isto não impede a instalação visto que o kernel, standard, não-SMP pode arrancar num sistema SMP; o kernel vai simplesmente usar o primeiro CPU.

Para tirar proveito dos vários processadores, você deve confirmar se um pacote de kernel que suporte SMP está instalado, e caso não esteja, escolher um pacote de kernel apropriado. Pode também pode construir o seu kernel personalizado com suporte para SMP. Pode encontrar uma discussão de como fazer isto na Secção 8.5, “Compilando um Novo Kernel”. Nesta altura (kernel versão 2.6.8) a maneira de activar o SMP é seleccionar “Symmetric multi-processing support” na secção “Processor type and features” da configuração do kernel.