4.3. Criar Disquetes a partir de Imagens de Disco

Disquetes de arranque são geralmente utilizadas como último recurso para iniciar o instalador em hardware que não arranca de CD ou por outros meios.

Imagens de disco são ficheiros que contêm o conteúdo completo das disquetes de arranque em formato raw. Imagens de disco, tais como boot.img, não podem simplesmente ser copiadas para disquetes. É utilizado um programa especial para escrever os ficheiros da imagem para disquetes em modo raw. Isto é necessário porque estas imagens são representações raw do disco; é necessário que seja feita uma cópia do sector dos dados deste ficheiro para a disquete.

Existem diferentes técnicas para criar disquetes a partir das imagens de disco, que dependem da sua plataforma. Esta secção descreve como criar disquetes a partir das imagens de disco em diferentes plataformas.

Não importa que método estiver a utilizar para criar as suas disquetes, assim que tiver escrito nelas deve lembrar-se de carregar na patilha de protecção contra escrita, para se assegurar que não serão involuntariamente danificadas.

4.3.1. Escrever Imagens de Disco a partir de um Sistema Linux ou Unix

Para escrever os ficheiros de imagem de disquete para as disquetes, você provavelmente necessitará de aceder ao sistema como root. Coloque uma disquete vazia em boas condições na drive de disquetes. Em seguida utilize o comando

$ dd if=ficheiro of=/dev/fd0 bs=1024 conv=sync ; sync

onde ficheiro é um dos ficheiros da imagem de disco (veja Secção 4.2, “Download dos Ficheiros a partir dos Mirrors Debian” para saber onde deve estar o ficheiro). /dev/fd0 é o nome normalmente utilizado para o dispositivo de disquetes, pode ser diferente na sua máquina . O comando pode libertar a linha de comandos antes do Unix ter terminado de escrever na disquete, verifique se a luz de utilização na drive de disquetes está apagada e se o disco parou antes de remover a disquete da drive. Em alguns sistemas, terá de executar um comando para ejectar a disquete .

Alguns sistemas tentam automaticamente montar a disquete quando esta é colocada na drive. Você poderá ter de desactivar esta característica antes da máquina permitir efectuar a gravação da disquete em modo raw. Infelizmente, isto poderá variar consoante o sistema operativo.

4.3.2. Gravar Imagens de Disco a partir de DOS, Windows, ou OS/2

Se você tem acesso a uma máquina i386, pode utilizar um dos seguintes programas para copiar imagens para disquetes.

Os programas rawrite1 e rawrite2 podem ser utilizados em MS-DOS. Não é esperado que funcionem se tentar utilizar estes programas numa consola DOS no Windows ou fazendo duplo-click a partir do Explorador do Windows.

O programa rwwrtwin corre em Windows 95, NT, 98, 2000, ME, XP e provavelmente em versões posteriores. Para o utilizar terá de descompactar diskio.dll no mesmo directório.

Estes utilitários podem ser encontrados nos CD-ROMs Oficiais de Debian na directoria /tools.