8.3. Reactivar o DOS e o Windows

Após instalar o sistema base e escrever para o Master Boot Record, será capaz de arrancar para Linux, mas provavelmente nada mais. Isto depende do que escolheu durante a instalação. Este capítulo irá descrever como pode reactivar os seus antigos sistemas para que também possam arrancar do seu DOS ou Windows novamente.

LILO é um gestor de arranque com o qual pode arrancar outros sistemas operativos para além do Linux, o que respeita a convenção dos PC. O gestor de boot é configurado através do ficheiro /etc/lilo.conf . Sempre que editar este ficheiro, terá de correr o comando lilo de seguida. A razão para tal é que a alteração apenas terá efeito quando reiniciar o programa.

Partes importantes do ficheiro lilo.conf são as linhas que contém as palavras-chave image e other , assim como as linhas que se seguem. Podem ser usadas para descrever o sistema que pode ser arrancado através do comando LILO. Tal sistema pode incluir um kernel (image), uma partição de root, parâmetros de kernel adicionais, etc. assim como uma configuração para arrancar outro, não Linux, (other) sistema operativo. Estas palavras-chave também poderão ser usadas mais do que uma vez. A ordenação destes sistemas dentro do ficheiro de configuração é importante, porque determina qual o sistema que arrancará automaticamente após, por exemplo, um timeout (delay) presumindo que o comando LILO não foi parado por pressionar a tecla shift.

Após uma instalação nova de Debian, apenas o sistema corrente está configurado para arrancar com o LILO. Se deseja correr outro kernel Linux, tem de editar o ficheiro de configuração /etc/lilo.conf para adicionar as seguintes linhas:

image=/boot/vmlinuz.new
  label=new
  append="mcd=0x320,11"
  read-only

Para uma instalação básica apenas as duas primeiras linhas são necessárias. Se deseja saber mais acerca das outras duas opções, por favor, veja a documentação relativa ao LILO . Esta pode ser encontrada em /usr/share/doc/lilo/. O ficheiro que deverá ser lido é o Manual.txt. Para ter um começo rápido no mundo do arranque de sistemas, poderá também dar uma vista de olhos ás páginas do manual do LILO ou ao lilo.conf para uma ideia geral das palavras-chave de configurações e ao lilo para uma descrição da instalação da nova configuração no sector de arranque.

Note que há outros gestores de arranque disponíveis no Debian GNU/Linux, tais como GRUB (no pacote grub), CHOS (no pacote chos), Extended-IPL (no pacote extipl ), loadlin (no pacote loadlin) etc.