3.2. Salvaguardar os Seus Dados Existentes!

Antes de você começar, certifique-se que salvaguarda cada ficheiro que está agora no seu sistema. Se esta é a primeira vez que um sistema operativo não-nativo está a ser instalado no teu computador, o mais provável é ter de reparticionar o seu disco rígido para disponibilizar espaço para Debian GNU/Linux. Cada vez que particionar o seu disco, deve contar em perder tudo o que está no disco, independentemente do programa que está a utilizar para o fazer. Os programas utilizados na instalação são de confiança e a maioria tem anos de utilização; mas eles são bastante poderosos e um movimento em falso pode sair-lhe caro. Mesmo depois de salvaguardar tenha cuidado e pense nas suas respostas e acções. Dois minutos a pensar podem salvar horas de trabalho desnecessário.

Se você está a criar um sistema com várias opções de arranque, certifique-se que tem a mão o meio de distribuição dos outros sistemas operativos instalados. Especialmente se reparticionar a sua drive de arranque, você pode descobrir que tem de reinstalar o gestor de arranque do seu sistema operativo, ou em muitos casos o sistema operativo em si e todos os ficheiros nas partições afectadas.

Com a excepção do BVM e de computadores Motorola VMEbus, o único método de instalação suportado para sistemas m68k é iniciar o sistema através de um disco local ou diskette utilizando um AmigaOS/TOS/MacOS-based bootstrap, para estas máquinas você vai precisar do sistema operativo original de maneira a poder iniciar Linux. Para que possa iniciar em Linux nas máquinas BVM e Motorola VMEbus vai necessitar das ROMs de arranque “BVMBug” ou “16xBug”.