3.6. Pré-Instalação do Hardware e Configuração do Sistema Operativo

Esta secção vai leva-lo através da preparação do hardware da pré-instalação, se existir alguma, que você necessite fazer antes de instalar Debian. Normalmente isto envolve verificar e possivelmente alterar definições no firmware para o seu sistema. O “firmware” é o software mais importante utilizado pelo hardware; é o mais crítico invocado pelo processo de arranque (depois de o ligar). Também são sublinhados alguns casos conhecidos de hardware que afectam a estabilidade de Debian GNU/Linux no seu sistema.

3.6.1. Revisões de Firmware e Configuração do SO Existente

As Motorola 680x0 são geralmente auto-configuráveis e não necessitam configuração do firmware. No entanto, você deve assegurar-se que tem os patches de ROM e de sistema adequados. No Macintosh, é recomendado o MacOS de versão >= 7.1 porque a versão 7.0.1 tem um bug nos controladores gráficos que impedem o instalador de desactivar as interrupções de vídeo, resultando num bloqueio no arranque. Nos sistemas BVM VMEbus você deve assegurar-se que utiliza ROMs de arranque BVMBug revisão G ou superior. As ROMs de arranque BVMBug não vêm com os sistemas BVM standard mas estão disponíveis na BVM por pedido e livre de encargos.

3.6.2. Assuntos de Hardware Para Estar Atento

Muitas pessoas tentaram utilizar o seu CPU de 90 MHz a 100 MHz, etc. Por vezes funciona, mas é sensível à temperatura e a outros factores e pode mesmo danificar o seu sistema. Um dos autores deste documento fez overclock ao seu sistema durante um ano, e depois o sistema começou a abortar o programa gcc com um sinal não esperado enquanto compilava o kernel do sistema operativo. Voltando a colocar a velocidade do CPU de volta ao normal resolveu o problema.

O compilador gcc é muitas vezes a primeira coisa a sofrer devido a módulos de memória maus (ou outros problemas de hardware que modifiquem os dados inesperadamente) porque constrói grandes estruturas de dados que percorre repetidamente. Um erro nessas estruturas de dados irá causar a execução de uma instrução ilegal ou aceder a um endereço que não exista. O sintoma disto será o gcc morrer devido a um sinal não esperado.

As placas Atari TT RAM são conhecidas pelos seus problemas de RAM em Linux; se você encontrar quaisquer problemas estranhos, tente correr pelo menos o kernel em ST-RAM. Os utilizadores de Amiga podem necessitar de excluir RAM utilizando um booter memfile.

3.6.2.1. Mais do que 64 MB RAM

O Kernel Linux não consegue sempre detectar sempre a quantidade de RAM que você tem. Se é o seu caso por favor veja em Secção 5.2, “Parâmetros de Arranque”.