2.1. Hardware Suportado

O Debian não impõe requisitos de hardware para além do que é requerido pelo kernel Linux e pelas ferramentas GNU. Por isso qualquer arquitectura ou plataforma para a qual tenha sido portado o kernel Linux, libc, gcc, etc. e para o qual exista um port de Debian, pode correr Debian. Para mais detalhes de sistema com a arquitectura PowerPC que tenham sido testados com Debian por favor veja as páginas dos Ports em http://www.debian.org/ports/powerpc/.

Em vez de tentar descrever todas a configurações de hardware que são suportadas por PowerPC, esta secção contém informação geral e indicações de onde se pode encontrar informação adicional.

2.1.1. Arquitecturas Suportadas

Debian 3.1 suporta onze arquitecturas de maior relevo e várias variações de cada arquitectura conhecidas por “flavors”.

Arquitectura Designação Debian Sub-arquitectura Flavor
Baseado em Intel x86 i386   vanilla
speakup
linux26
Motorola 680x0 m68k Atari atari
Amiga amiga
68k Macintosh mac
VME bvme6000
mvme147
mvme16x
DEC Alpha alpha    
Sun SPARC sparc   sun4cdm
sun4u
ARM e StrongARM arm   netwinder
riscpc
shark
lart
IBM/Motorola PowerPC powerpc CHRP chrp
PowerMac pmac
PReP prep
APUS apus
HP PA-RISC hppa PA-RISC 1.1 32
PA-RISC 2.0 64
Baseado em Intel ia64 ia64    
MIPS (big endian) mips SGI Indy/Indigo 2 r4k-ip22
r5k-ip22
Broadcom BCM91250A (SWARM) sb1-swarm-bn
MIPS (little endian) mipsel Cobalt cobalt
DECstation r4k-kn04
r3k-kn02
Broadcom BCM91250A (SWARM) sb1-swarm-bn
IBM S/390 s390 IPL a partir de VM-reader e DASD generic
IPL a partir de tape tape

Este documento aborda a instalação na arquitectura PowerPC. Se está á procura de informação acerca de qualquer uma das outras arquitecturas suportadas por Debian veja a página das Conversões Debian.

2.1.2. Suporte de Processadores, Placas principais e de Vídeo

Existem quatro principais sub-arquitecturas de powerpc: PMac (Power-Macintosh), PReP, APUS (Amiga Power-UP System), e máquinas CHRP. Cada sub-arquitectura tem os seus próprios métodos de arranque. Para mais, existem 4 diferentes flavors de kernel suportando diferentes variantes dos processadores.

Ports para outras arquitecturas powerpc, como as arquitecturas Be-Box e MBX, estão a caminho mas, no entanto, não são suportadas por Debian. Existe a possibilidade de um port 64 bit de futuro.

2.1.2.1. Kernel Flavours

Existem quatro flavours principais de kernel powerpc em Debian, baseado no tipo de processador:

powerpc

A maioria dos sistemas usa este flavour de kernel, que suporta os processadores PowerPC 601, 603, 604, 740, 750, e 7400. Todos os sistemas Apple Power Macintosh até, e incluindo, ao G4 usam estes processadores.

power3

O processador POWER3 é utilizado em sistemas de servidores IBM 64-bit mais antigos: os modelos conhecidos incluem o IntelliStation POWER Model 265, o pSeries 610 e 640, e o RS/6000 7044-170, 7043-260, e 7044-270."

power4

O processador POWER4 é utilizado nos recentes sistemas de servidor IBM 64 bit: nos modelos conhecidos incluem-se o pSeries 615, 630, 650, 655, 670, e 690."

O Apple G5 é também baseado na arquitectura POWER4, e usa esse kernel flavour.

apus

Este kernel suporta o Amiga Power-UP System.

2.1.2.2. Sub-arquitectura Power Macintosh (pmac)

A Apple (e brevemente outros fabricantes como, por exemplo, — Power Computing) produz uma série de computadores Macintosh baseados no processador PowerPC. Para propósitos de suporte da arquitectura, eles são categorizados com NuBus, OldWorld PCI, e NewWorld.

Os computadores Macintosh que usam a série de processadores 680x0 não pertencem a família PowerPC, mas são sim máquinas m68k. Esses modelos começam com “Mac II” ou têm um número de modelo de 3-dígitos como, por exemplo, o Centris 650 ou o Quadra 950. Os PowerPC pré-iMac da Apple têm números de modelo com quatro dígitos.

Os sistemas NuBus não são actualmente suportados pelo debian/powerpc. O kernel monolítico Linux/PPC não tem actualmente suporte para estas máquinas; em vez disso tem que utilizar a microkernel Mach MkLinux, que Debian ainda não suporta. Incluídos estão:

  • Power Macintosh 6100, 7100, 8100

  • Performa 5200, 6200, 6300

  • Powerbook 1400, 2300, e 5300

  • Workgroup Server 6150, 8150, 9150

Uma kernel linux para estas máquina e suporte limitado está disponível em http://nubus-pmac.sourceforge.net/

Os sistemas OldWorld são a maior parte dos Power Macintoshes com uma drive de disquetes e um bus PCI. A maior parte dos Power Machintoshes baseados nos 603, 603e, 604 e 604e são máquinas OldWorld. Os sistemas G3 beges também são OldWorld.

Os PowerMacs intitulados de NewWorld são todos os PowerMacs em caixas de plástico colorido translúcido. Isto inclui todos os iMacs, iBooks, sistemas G4, sistemas G3 de côr azul, e a maioria dos PowerBooks fabricados em e depois de 1999. Os PowerMacs NewWorld também são conhecidos por usarem os sistemas “Rom in Ram” para o MacOS, e foram produzidos a partir de meados de 1998 para a frente.

Especificações do hardware Apple estão disponíveis em AppleSpec, e, para hardware mais antigo , AppleSpec Legacy."

Nome de Modelo/Número Geração
Apple iMac·Bondi·Blue,·5·Sabores, Carregamento por Slot NewWorld
iMac Verão 2000 Principio 2001 NewWorld
iMac G5 NewWorld
iBook, iBook SE, iBook Dual USB NewWorld
iBook2 NewWorld
iBook G4 NewWorld
Power Macintosh Azul e Branco (B&W) G3 NewWorld
Power·Macintosh·G4·PCI,·AGP,·Cubo NewWorld
Power Macintosh G4 Gigabit Ethernet NewWorld
Power Macintosh G4 Digital Audio, Quicksilver NewWorld
Power·Macintosh·G5 NewWorld
PowerBook G3 FireWire Pismo (2000) NewWorld
PowerBook G3 Lombard (1999) NewWorld
PowerBook G4 Titanium NewWorld
PowerBook G4 Aluminum NewWorld
Xserve G5 NewWorld
Performa 4400, 54xx, 5500 OldWorld
Performa 6360, 6400, 6500 OldWorld
Power Macintosh 4400, 5400 OldWorld
Power Macintosh 7200, 7300, 7500, 7600 OldWorld
Power Macintosh 8200, 8500, 8600 OldWorld
Power Macintosh 9500, 9600 OldWorld
Power Macintosh (Beige) G3 Minitower OldWorld
Power·Macintosh·(Bege)·Desktop,·All-in-One OldWorld  
PowerBook 2400, 3400, 3500 OldWorld  
PowerBook G3 Wallstreet (1998) OldWorld  
Macintosh Vigésimo aniversário OldWorld  
Workgroup Server 7250, 7350, 8550, 9650, G3 OldWorld  
Power Computing PowerBase, PowerTower / Pro, PowerWave OldWorld
PowerCenter / Pro, PowerCurve OldWorld
UMAX C500, C600, J700, S900 OldWorld
APS APS Tech M*Power 604e/2000 OldWorld
Motorola Starmax 3000, 4000, 5000, 5500 OldWorld

2.1.2.3. Sub-arquitectura PReP

Nome de Modelo/Número
Motorola Firepower, PowerStack Series E, PowerStack II
MPC 7xx, 8xx
MTX, MTX+
MVME2300(SC)/24xx/26xx/27xx/36xx/46xx
MCP(N)750
IBM RS/6000 40P, 43P
Power 830/850/860 (6070, 6050)
6030, 7025, 7043
p640

2.1.2.4. Sub-arquitectura CHRP

Nome de Modelo/Número
IBM RS/6000 B50, 43P-150, 44P
Genesi Pegasos I, Pegasos II

2.1.2.5. Sub-arquitectura APUS

Nome de Modelo/Número
Amiga Power-UP Systems (APUS) A1200, A3000, A4000

2.1.3. Placa Gráfica

O suporte Debian para placas gráficas é determinado sob o suporte existente no sistema X11 da XFree86. A maioria das placas de vídeo AGP, PCI e PCIe trabalham com XFree86. Detalhes sobre barramentos gráficos, placas, monitores e dispositivos apontadores suportados podem ser encontrados em http://www.xfree86.org/. Debian 3.1 vem com XFree86 versão 4.3.0.

2.1.4. Múltiplos Processadores

Suporte para múltiplos processadores — também conhecido por “symmetric multi-processing” ou SMP — é suportado nesta arquitectura. No entanto a imagem padrão de kernel da Debian 3.1 não suporta SMP. Isto não deve impedir a instalação, visto que o kernel padrão, não SMP deve arrancar em sistemas SMP; o kernel vai simplesmente utilizar o primeiro CPU.

Para tirar proveito dos vários processadores, você terá de substituir o kernel Debian padrão. Pode encontrar uma discussão de como fazer isto em Secção 8.4, “Compilando um Novo Kernel”. Nesta altura (kernel versão 2.6.8) a maneira de activar o SMP é seleccionar “Symmetric multi-processing support” na secção “Platform support” da configuração da kernel.