3.6. Pré-Instalação do Hardware e Configuração do Sistema Operativo

Esta secção vai leva-lo através da preparação do hardware da pré-instalação, se existir alguma, que você necessite fazer antes de instalar Debian. Normalmente isto envolve verificar e possivelmente alterar definições no firmware para o seu sistema. O “firmware” é o software mais importante utilizado pelo hardware; é o mais crítico invocado pelo processo de arranque (depois de o ligar). Também são sublinhados alguns casos conhecidos de hardware que afectam a estabilidade de Debian GNU/Linux no seu sistema.

3.6.1. Invocar OpenFirmware

Normalmente em sistemas PowerPC não há necessidade de configurar a BIOS (chamada de OpenFirmware) . PReP e CHRP são equipados com OpenFirmware, mas infelizmente, isto significa que você tem de o invocar de maneiras diferentes de fabricante para fabricante. Vai ter de consultar a documentação do hardware que veio com o a sua máquina.

Em Macintoshes PowerPC, você invoca o OpenFirmware com Command-option-O-F enquanto arranca. Geralmente vai verificar pela combinação de teclas após o toque sonoro, mas a altura exacta varia de modelo para modelo. Veja http://www.netbsd.org/Ports/macppc/faq.html para mais dicas.

A linha de comandos do OpenFirmware parece-se com isto:

ok
0 >

Note que em modelos antigos de Macs PowerPC, por omissão e por vezes a interacção hardwired do utilizador para o OpenFirware é através da porta série (modem). Se invocar o OpenFirmware numa dessas máquinas, você apenas vai ver um ecrã vazio. Nesse caso, para interagir com o OpenFirmware é necessário um programa terminal a correr noutro computador, ligado à parta do modem.

O OpenfirmWare em máquinas OldWorld Beige G3, está estragado nas versões 2.0f1 e 2.4. Estas máquinas muito provavelmente não serão capazes de arrancar a partir do disco rígido a menos que patche o firmware. Um patch de firmware está incluído no utilitário System disk 2.3.1, disponível a partir da Appl e em ftp://ftp.apple.com/developer/macosxserver/utilities/SystemDisk2.3.1.smi.bin. Após descomprimir o utilitário em MacOS, e o lançar, escolha o botão Save para ter os patches de firmware instalados na nvram.

3.6.2. Assuntos de Hardware Para Estar Atento

Muitas pessoas tentaram utilizar o seu CPU de 90 MHz a 100 MHz, etc. Por vezes funciona, mas é sensível à temperatura e a outros factores e pode mesmo danificar o seu sistema. Um dos autores deste documento fez overclock ao seu sistema durante um ano, e depois o sistema começou a abortar o programa gcc com um sinal não esperado enquanto compilava o kernel do sistema operativo. Voltando a colocar a velocidade do CPU de volta ao normal resolveu o problema.

O compilador gcc é muitas vezes a primeira coisa a sofrer devido a módulos de memória maus (ou outros problemas de hardware que modifiquem os dados inesperadamente) porque constrói grandes estruturas de dados que percorre repetidamente. Um erro nessas estruturas de dados irá causar a execução de uma instrução ilegal ou aceder a um endereço que não exista. O sintoma disto será o gcc morrer devido a um sinal não esperado.

3.6.2.1. Mais do que 64 MB RAM

O Kernel Linux não consegue sempre detectar sempre a quantidade de RAM que você tem. Se é o seu caso por favor veja em Secção 5.2, “Parâmetros de Arranque”.