B.5. Programas de Particionamento Debian

Diversas variedades de programas de particionamento foram adaptados pelos Debian developers para funcionar com vários tipos de discos rígidos e arquitecturas de computadores. De seguida está uma lista de programa(s) para a sua arquitectura.

partman

Ferramenta de particionamento recomendada em Debian. Este canivete suíço também pode redimensionar partições, criar sistemas de ficheiros e atribuir-lhes pontos de montagem.

fdisk

O particionador original do Linux, bom para gurus.

Cuidado se tem partições FreeBSD na sua máquina. O kernel de instalação inclui suporte para estas partições, mas a forma como o fdisk as representa (ou não) pode fazer com que os nomes dos dispositivos sejam diferentes. Veja Linux+FreeBSD HOWTO

Um destes programas será executado por omissão quando seleccionar Particionar Um Disco Rígido. Se o que é executado por omissão não é aquele que você pretende, saia do particionador, vá até uma consola (tty2) premindo a seguinte combinação de teclas Alt e F2, e manualmente digite o nome do programa que quer utilizar (e argumentos, se necessário). Saia então do passo de Particionar um Disco Rígido no instalador Debian e continue para o próximo passo.

Se vai trabalhar com mais de 20 partições no seu disco ide, vai precisar de criar dispositivos para a partição 21 e superiores. O passo seguinte da inicialização da partição falhará a menos que um dispositivo apropriado esteja presente. Como exemplo, aqui estão os comandos que poderá utilizar no tty2 ou sob Executar uma Shell para adicionar um dispositivo para que a 21ª partição possa ser inicializada:

# cd /dev
# mknod hda21 b 3 21 
# chgrp disk hda21
# chmod 660 hda21

Arrancar para o novo sistema irá falhar a menos que dispositivos apropriados estejam presentes no sistema alvo. Após instalar o kernel e módulos, execute:

# cd /target/dev
# mknod hda21 b 3 21 
# chgrp disk hda21
# chmod 660 hda21

B.5.1. Particionar para SPARC

Certifique-se que criou uma “Sun disk label” no seu disco de arranque. Este é o único esquema de partição que o PROM OpenBoot entende, e é portanto o único esquema do qual pode iniciar. A tecla s é usada no fdisk para criar Sun disk labels.

Além disso, nos discos SPARC, certifique-se que a sua primeira partição no seu disco de arranque inicia no cilindro 0. Enquanto isto for requerido, significa também que a primeira partição irá conter a tabela de partições e o bloco de arranque, que são os primeiros dois sectores do disco. Não deve colocar a swap na primeira partição do dispositivo de arranque, dado que as partições de swap não preservam os primeiros sectores da partição. Poderá ali colocar as partições Ext2 e UFS; estas deixarão a tabela de partições e o bloco de arranque de parte.

É também aconselhado que a terceira partição seja do tipo “Whole disk” (tipo 5), e contenha o disco inteiro (desde o primeiro cilindro até ao último). Isto é simplesmente uma convenção do Sun disk labels, e ajuda o gestor de arranque SILO a manter-se.