[ anterior ] [ Índice ]

Notas de versão para Debian GNU/Linux 2.1 (Slink) - Capítulo 4
Detalhes Relativos a Slink


4.1 A grande reorganização do X

Esta seção foi preparada por Branden Robinson branden@debian.org.

A grande reorganização do X aconteceu na versão 3.3.2.3a-2, que foi um lançamento Debian 2.1 ("slink").

O xbase usado para armazenar todos os pacotes, contendo todo tipo de dados misturados, programas, e documentação. Esse não é mais o caso. Seu conteúdo foi distribuído entre outros pacotes , e em muitos casos, pacotes completamente novos foram criados.

Novos pacotes foram criados por uma variedade de razões:

  1. Em muitos casos, existiam dependências não declaradas em outros programas. Por exemplo, os programas rstart e rstartd dependem de rsh.
  2. Existem diversos programas que são daemons e devem ser divididos para um melhor gerenciamento. Isto inclui xdm e xfs. Desde que estes programas estão agora em seus próprios pacotes, eles não precisam se referir para /etc/X11/config para determinar se eles devem ser executado ou não.
  3. Muitos dos clientes X providos na forma do pacote xbase, como twm, xmh e xterm, tem muitas substituições populares, e pode justamente ser um desperdício de espaço em disco para algumas pessoas. Mantenha em mente que a importância de todo código fonte X, até mesmo as bibliotecas, foi originalmente pretendido ser somente uma "implementação simples" de vários padrões.
  4. É desejável ter uma fundação comum para ambos sistemas designados a serem terminais X (que executam todos os clientes X dela através de uma máquina remota) e para servidores de aplicações que pode não precisar executar servidores X nos próprios monitores deles. Este é o propósito do novo pacote xfree86-commom. Ele também simplifica a tarefa de proceder qualquer alteração grande espaço de nomes do diretório X que pode surgir no futuro (e.g., X11R7, ou simplesmente colocando todo o X em /usr).

Os novos pacotes XFree86 na distribuição Debian são rstart, rstartd, twm, xbase-clients, xdm, xfree86-common, xfs, xmh, xproxy, xserver-common, xsm, e xterm. Muitos arquivos do antigo pacote xbase foram agora colocados na xlib6g (XKB e dados de localização) e xlib6g-dev (ferramentas de desenvolvimento).

xbase agora é um efetivo pacote vazio que existe somente para ter um sistema de gerenciamento de pacotes automátizado "puxando" os novos pacotes (e as últimas versões das bibliotecas X). Uma vez que for atualizado, ele pode ser removido com segurança.

Além disso, as fontes X e pacotes de bibliotecas estáticas foram renomeadas (veja Pacotes Renomeados, Secção 4.2 abaixo). Nós acreditamos que os novos nomes são menos secretos. Note, no entanto, que os pacotes antigos não são necessáriamente atualizados automáticamente, para novas versões. Isto porque seus nomes foram alterados, e como ainda não há nenhum modo fácil de contar para o sistema de empacotamento que o nome do pacote foi alterado. No entanto, não existem conseqüencias sérias em deixar fontes antigas do X e bibliotecas estáticas no sistema. O conteúdo destes pacotes não foram alterados. O servidor de fontes X, por exemplo, antigamente no xbase mas agora em seu próprio pacote, trabalha da mesma forma que xfntbase como xfonts-base.

Ainda, é aconselhável instalar as versões renomeadas destes pacotes assim como é conveniente, caso seus conteúdos sejam alterados no futuro.

Em resumo, existem quatro pontos importantes a serem observados:

  1. Após a atualização, o xbase deve ser removido. Deixando ele em substituição, será necessário fornecer a opção --force-depends ao dpkg para remover qualquer pacote que o xbase depende em (como o xdm ou xfs).
            dpkg --remove xbase
    
  2. Os daemons xdm e xfs serão automáticamente carregados na inicialização; desde então os padrões xdm para gerenciar um servidor X local, podem ser um pouco surpreendentes para pessoas que não usavam xdm antes. Se você não deseja executar estes programas, remova os pacotes antes de sua próxima reinicialização.
            dpkg --remove xdm
            dpkg --remove xfs
    
  3. O arquivo /etc/X11/config não é mais usado pelos pacotes X e podem ser removido se você não configurou qualquer outro programa ou arquivos de configuração para utiliza-lo. Note especialmente que este arquivo não tem qualquer coisa para fazer se o xdm e xfs estão interrompidos ou iniciados. As flags anteriores neste arquivo foram distribuidas entre outros arquivos de configuração. Após completar a atualização, as seguintes páginas de manual vão te ajudar.
            man Xsession.options
            man xdm.options
            man xfs.options
    
  4. Os seguintes comandos podem ser usados para atualizar para os novos pacotes de fontes X e bibliotecas estáticas. Note que muitas pessoas somente necessitarão dos primeiros quatro pacotes listados; Se você requer qualquer um dos outros, você deve provavelmente conhece-lo. Múltiplos nomes de pacotes podem ser listados após a opção --install ser digitada. Para usar estes comandos como estão, você precisará ir em um diretório que contém os arquivos apropriados dos pacotes.
            dpkg --install xfonts-base_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xfonts-75dpi_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xfonts-100dpi_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xfonts-scalable_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xfonts-cjk_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xfonts-cyrillic_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xfonts-pex_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xlib6-static_3.3.2.3a-11.deb
            dpkg --install xlib6g-static_3.3.2.3a-11.deb
    


4.2 Pacotes Renomeados

NOTA: Há alguns encaixes entre esta seção e A grande reorganização do X, Secção 4.1.

Os seguintes pacotes foram renomeados como mostrado. Na maioria, se não todos, casos, conflitos:, dependências:, e supridos: foram fornecidos assim o novo pacote será instalado automáticamente para substituir o pacote antigo.

      
      libc6-doc   -> glibc-doc
      xfntbase    -> xfonts-base
      xfnt75      -> xfonts-75dpi
      xfnt100     -> xfonts-100dpi
      xfntbig     -> xfonts-cjk
      xfntcyr     -> xfonts-cyrllic
      xfntpex     -> xfonts-pex
      xfntscl     -> xfonts-scalable
      xslib       -> xlib6-static
      xslibg      -> xlib6g-static


4.3 Pacotes Divididos

NOTA: Há alguns encaixes entre esta seção e A grande reorganização do X, Secção 4.1.

Entre 2.0 (hamm) e 2.1 (slink), um número de pacotes foram divididos em dois ou mais pacotes. A razão para estas divisões, em geral, é que o pacote original possui diversas configurações de funcionalidades, e algum, se qualquer, usuários usaram todos estes componentes. Muitos pacotes mostram um aviso de alerta da divisão durante a instalação, muitos mencionam isto na descrição do pacote, e muitos ignoram.

Se você acha que alguns pacote familiares estão faltando ou toda sua funcionalidade, cheque a lista abaixo para ver se precisa instalar mais pacotes para restaurar a funcionalidade original. Caso falhar, verifique o changelog do pacote, que pode ser encontrado em /usr/doc/package/changelog.Debian.gz.

A lista a seguir possui pacotes que foram divididos (esta lista pode não estar completa):

     graphics/ivtools-bin_0.6.2-4.deb dividido em 2 pacotes:
       devel/ivtools-dev
       graphics/ivtools-bin
     
     mail/imap_4.2-1.deb dividido em 2 pacotes:
       mail/imap
       mail/ipopd
     
     misc/plan_1.6.1-7.deb dividido em 2 pacotes:
       misc/netplan
       misc/plan
     
     net/netstd_3.07-2.deb dividido em 10 pacotes:
       mail/vrfy
       net/bwnfsd
       net/netstd
       net/nfs-server
       net/rexec
       net/talk
       net/talkd
       net/telnet
       net/telnetd
       non-free/net/pcnfsd
     
     news/slrn_0.9.4.3-4.deb dividido em 2 pacotes:
       news/slrn
       news/slrnpull
     
     utils/nosql_0.9-0.deb dividido em 2 pacotes:
       utils/nosql
       utils/nosql-fastops
     
     web/apache_1.3.0-2.deb dividido em 2 pacotes:
       web/apache
       web/apache-common
     
     web/php3_3.0-2.deb dividido em 2 pacotes:
       web/php3
       web/php3-cgi
     
     x11/wmaker_0.14.1-7.deb dividido em 2 pacotes:
       x11/asclock
       x11/wmaker
     
     x11/xbase_3.3.2.3-2.deb dividido em 16 pacotes:
       mail/xmh
       x11/rstart
       x11/rstartd
       x11/twm
       x11/xbase
       x11/xbase-clients
       x11/xdm
       x11/xext
       x11/xf86setup
       x11/xfs
       x11/xlib6g-dev
       x11/xmodmap
       x11/xproxy
       x11/xserver-common
       x11/xsm
       x11/xterm
     
     x11/xserver-vga16_3.3.2.3-2.deb dividido em 2 pacotes:
       x11/xf86setup
       x11/xserver-vga16


[ anterior ] [ Índice ]
Notas de versão para Debian GNU/Linux 2.1 (Slink)
versão 2.1.11, 28 August, 1999
Bob Hilliard hilliard@debian.org
Adam Di Carlo