[ anterior ] [ Índice ] [ próximo ]

Notas de versão para Debian GNU/Linux 2.1 (Slink) - Capítulo 3
Atualizando


Antes de atualizar seu sistema, é extremamente recomendado que você faça uma cópia de segurança completa (backup), ou no mínimo, copie qualquer arquivo ou informações de configurações que você pode perder. As ferramentas de atualização e o processo é bastante confiável, mas uma falha no hardware durante a atualização pode ser catastrófico.

Indiferente do método usado para atualização, é recomendado que você verifique primeiro o estado de todos pacotes. Isto pode ser feito com dpkg -l | less ou dpkg --get-selection > nome_do_arquivo, ou ele pode ser feito no dselect. É recomendável remover qualquer "holds" antes de atualizar. Se qualquer pacote que é essencial a atualização está em "hold", a atualização pode falhar. "Holds" podem ser removidos no dselect, ou editando o arquivo produzido por dpkg --get-selections > nome_do_arquivo para alterar de "hold" para "install". Então, com permissões de root, digite dpkg --set-selections < filename.

Qualquer operação de instalação de pacotes deve ser executada com privilégios de superusuário (root), assim faça o login como root ou use su ou sudo para obter este privilégio.

É muito recomendado que você use /usr/bin/script para gravar um transcript da seção de atualização -- de fato, é uma boa idéia usar o script para gravar qualquer seção dselect (e qualquer outra coisa que você desejar manter registro). Então se qualquer problema for detectado, você pode ver o que aconteceu. script pode gravar este transcript para o arquivo especificado como um argumento (script nome_do_arquivo) ou para o nome do arquivo padrão, typescript.

Existem dois métodos de atualizar para slink -- usando diretamente o apt-get, ou usando dselect.


3.1 Usando apt-get

Se você ainda não tem instalado apt, nós sugerimos você fazer seu download e instala-lo, através de ftp://ftp.br.debian.org/debian/dists/slink/main/binary-m68k/admin/apt_*.deb . Dependendo do seu navegador você pode ter que fazer uma ação especial para copiar diretamente para um arquivo, em modo binário simples. Por exemplo, no Netscape você deve pressionar a tecla shift enquanto clica na URL para copiar o arquivo. Instale o pacote copiado como root com o comando dpkg -i apt*.deb.

Se você está instalando através de um CD-Rom, você pode instala-lo diretamente através do CD-Rom. Como root, execute:

      
     
      
      dpkg -i ponto_de_montagem_do_CD/debian/dists/slink/main/binary-m68k/admin/apt*.deb

É recomendado que você leia agora as páginas de manual apt-get(8) e sources.list(5). Antes de iniciar a atualização você deve ajustar o arquivo de configuração /etc/apt/sources.list do apt. A configuração padrão é ajustada para instalações pela Internet, mas você pode desejar modificar /etc/apt/sources.list para usar outros espelhos (mirrors) ou seu mirror local. Se estiver instalando de um CD-Rom, veja Upgrading from CD-ROMs:, Secção 3.2.

Uma vez que configurar o apt execute (como root):

      apt-get update
      apt-get -f dist-upgrade

Muitas pessoas preferem executar apt-get -f --dry-run dist-upgrade | less antes de apt-get -f dist-upgrade para ver o que acontecerá. Este método pode consumir muito tempo, mas pode evitar muitas surpresas.

Se novas versões dos pacotes atualmente instalados estão disponíveis, apt-get dist-upgrade e apt-get upgrade verifica e os atualiza; sobre nenhuma circunstância os pacotes instalados serão removidos, ou pacotes verificados como não instalados serão instalados. Novas versões dos pacotes atualmente instalados não podem ser atualizados sem alterar o estado da instalação de outro pacote que será deixado na sua versão atual. Então, pode ser necessário usar dpkg ou dselect para remover e reinstalar pacotes corrompidos ou dependências. Alternativamente, apt-get dselect-upgrade pode ser usado após apt-get -f dist-upgrade. Veja a página de manual apt-get(8).

A opção -f (corrigir) faz o apt tentar corrigir o sistema locais com falta de dependências. apt não permite a existência da dependência de pacotes corrompidos nosistema. É possível que uma estrutura de dependência de um sistema possa ser corrompida, bem como requerer intervenção manual (que normalmente significa usar dselect ou dpkg --remove pacote para eliminar alguns dos pacotes problemáticos).

Se o apt-get relatar muitos pacotes corrompidos após estes dois comandos, tente reparar o sistema (talvez removendo o pacote corrompido ou instalando dependências não existentes). Se voce não puder reparar o sistema para a satisfação do apg-get, use o método dselect (com um auxiliar nãoapt) para atualizar.


3.2 Upgrading from CD-ROMs:

O código do apt para manipular múltiplos CD-ROMs não foi completado a tempo para o lançamento da slink, mas há um desenvolvimento disponível. Em /etc/apt/sources.list, inclua como a primeira linha após os comentários de instrução:

      deb file:ponto_de_montagem_do_CD/debian stable main

As outras linhas "deb" devem ser comentadas colocando uma # antes delas.

Então insira o primeiro CD binário, monte-o, e, como superusuário (root), execute:

          apt-get update 
          apt-get dist-upgrade

Como mencionado acima, apt-get -f --dry-run dist-upgrade | less pode ser usando antes de apt-get dist-upgrade para evitar surpresas.

Enquanto o primeiro CD ainda estiver montado, é uma boa idéia executar apt-get install dpkg-multicd

Desmonte o primeiro CD binário, substitua-o pelo segundo CD binário, e mounte o CD. Então altere a linha em /etc/apt/sources.list para

      deb file:ponto_de_montagem_do_CD/debian stable main contrib

e repita os passos update e dist-update, como mostrado acima.

Após atualizar, desmonte o último CD-Rom mas deixe-o na unidade de CD-ROM. Então inicie o dselect. [A]ccess, escolha o novo método de instalação multi_cd, digite o /nome-do-dispositivo correto e tecle Enter em todas as questões seguintes (o segundo CD-Rom binário deve estar na unidade quando fizer isto!). [U]pdate. Então [S]elect; pressione espaço para deixar a tela de ajuda. Na tela de seleção de pacotes, pressione Shift-D imediatamente seguido de Enter. É muito provável que ocorra muitos conflitos de dependências, neste caso você verá uma tela de ajuda. Saia da tela de ajuda pressionando espaço, e verifique a lista de pacotes que é mostrada. Você pode alterar os estados calculados, mas isto não é recomendado; apenas pressionando Enter todas as dependências/conflitos devem ser resolvidas satisfatóriamente.

Então [I]nstall. Após [I]nstall, outro [C]onfigure é normalmente necessário. Então insira o primeiro CD binário e repita o processo. Este procedimento dselect é necessário porque o xbase está no segundo CD, mas muitas de suas dependências estão no primeiro CD.

O CD da Debian Oficial possui dois CDs binários. Muitos vendedores produzem uma configuração com três CDs binários, incluindo toda ou parte de não-free e/ou não-US. Se você tem um terceiro CD binário, desmonte o segundo CD e monte o terceiro. Altere a linha em /etc/apt/sources.list para

      deb file:ponto_de_montagem_do_CD/debian stable non-free non-US

(Omita non-free ou non-US se não estiverem incluídos em seu CD.)

Então repita os passos update e dist-update como acima. Note que você terá que re-executar [A]ccess e [U]pdate no dselect após este passo, como descrito acima. Algumas versões do tal terceiro CD binário não-oficial tem uma estrutura que faz possível ter eles inseridos enquanto se executa os passos [A]ccess e [U]pdate; se você tem esse tal CD, os pacotes de todos três CDs pode ser acessados simultâneamente pelo dselect.

Uma "alternativa não oficial" usando a versão potato do apt, versão 0.3.x, está disponível. Tenha em mente que o apt 0.3.x está em versão beta, assim algumas falhas provavelmente estão presentes. Jason Gunthorpe, um dos principais autores do apt, escreveu:

            A solução real é instalar "apt" 0.3 do potato e usa-lo 
            embutindo um CD controlado pelo "apt-cdrom". I tenho feito um
            fonte especificamente para isto, que pode ser acessado colocando
            a linha "deb http://www.debian.org/~jgg apt/" em "sources.list", e
            então executando "apt-get update; apt-get install apt".
     
            Esta versão contém o "apt v 3.x." linkado com a última glibc 2.0.
            Tudo que você deve fazer é instalar o "apt", incluir a linha 
            acima em seu "sources.list" (e talvez um arquivo temporário
            uri para o primeiro CD-Rom) e então fazer "apt-get install apt".
     
            Próximo, insira o primeiro disco, execute "apt-cdrom add", então
            insira o segundo disco e execute "apt-cdrom add" então execute
            "apg-get dist-upgrade -u" duas vezes (ou será 3 vezes?).


3.3 Usando o dselect

Esta seção assume que você tem algum conhecimento do dselect. Afinal de contas, você fez a instalação do sistema que está tentando atualizar, não fez? Existe um tutorial iniciante para o dselect em http://www.br.debian.org/releases/2.1/m68k/dselect-beginner, caso precise refrescar sua memória.

O primeiro passo para usar o dselect é escolher um método de "Acesso". Mais informações sobre os métodos de acesso, e qual você deve escolher, pode ser encontrado no dselect Tutorial referido acima.

O método de acesso apt para dselect é o mais rápido atualmente disponível. Ele instala e configura os pacotes na seqüencia correta, assim como dependências são resolvidas quando os pacotes são descompactados, tornando desnecessário um segundo passo. No entanto, o método de acesso apt não é capaz de gerenciar corretamente múltiplos CDs. Assim se quaisquer pacotes em seu sistema estão corrompidos, o apt-get upgrade não poderá ser usado, e o método de acesso apt também falhará.

O método de acesso "montado" (mounted) para o dselect instala e configura qualquer pré-dependências primeiro, que reduz o número de passos de instalação necessários. O método de acesso "montável" (mountable) também tenta instalar e configurar pré-dependências primeiro, e é relativamente rápido. Existem muitos problemas conhecidos com a manipulação de pré-dependências destes métodos de acesso; em caso de problemas, tente usar o método apt como descrito acima.

O método de acesso recomendado para usar múltiplos CDs é o multi_cd. Para usar este método, primeiro instale o dpkg-multicd usando:

      dpkg -i ponto_de_montagem_do_CD/dists/slink/main/binary-m68k/base/dpkg-multicd

ou

      apt-get install dpkg-multicd

Explicado em README.multicd do primeiro CD e, após a instalação, leia /usr/doc/dpkg-multicd/readme.txt.gz para usar este método.

O método de acesso "http" da versão hamm não controla pré-dependências corretamente; ele não é recomendado. Se esta versão do dpkg-http for usada para atualizar haverá um aviso Abort automatic installation (Y/n)? (Abortar instalação automática (S/N)?) para qualquer pré-dependência. Devido a uma falha no dpkg-http da hamm o usuário pode pressionar Ctrl-C ao invés de Y neste ponto e instalar manualmente (dpkg -i) o pacote requerido. dselect pode então ser reiniciado para procurar a próxima pré-Dependência. Para economizar tempo, o usuário pode instalar manualmente os seguintes pacotes da slink: libc6, libncurses4, libreadlineg2, libstdc++2.9, slang1, and libhtml-parser-perl.

Indiferente do método de acesso usado, é recomendado que você atualize primeiro seus pacotes existente antes de adicionar qualquer outro novo. Execute os passos [A]ccess, [Update], e [S]elect do dselect inicialmente. Assim que você entrar em "Select" você pode pressionar imediatamente "D" (shift-D) então Enter. Uma tela de resolução de conflitos/dependências provavelmente será mostrada. Após resolver os conflitos (normalmente você pode apenas pressionar Enter), execute [I]nstall, e então [C]onfigure para simplesmente atualizar todos os pacotes instalados. Após isto você pode usar o [Select] e [I]nstall modules para instalar pacotes adicionais, se desejado.

Quando o dpkg ou dselect atualizam muitos pacotes, é normalmente necessário repetir os passos de instalação e configuração diversas vezes antes de todo o sistema ser configurado. Dependendo do método de acesso escolhido, pode ser necessário repetir o passo [U]pdate entre os passo de instalação. Pode ser útil sair do dselect e reinicia-lo imediatamente antes do passo [U]pdate.


3.4 Precauções Gerais

Você não deve executar a atualização através de qualquer seção X gerenciada pelo xdm na máquina que esta atualizando. xdm e xfs são interrompidos na atualização, assim você iria terminar com uma máquina meia-atualizada quando o X fosse terminado. Se a máquina está configurada para inicializar o X automáticamente na inicialização, isto pode ser difícil de corrigir. Se o servidor X que estiver usando se refere a atualização do host para os serviços de fonte xfs, ele terminará sua conexão com o servidor de fontes quando o xfs for terminado. Isto não é fatal mas pode ser aborrecedor. Na dúvida, se a seção X é controlada pelo xdm ou não, atualize sua máquina através de um terminal virtual do Linux.

Você não deve atualizar através de uma conexão telnet remota, a não ser que instale o netstd e telnetd da slink primeiro. Quando o pacote antigo netstd é removido, a conexão telnet será interrompida, e você não poderá reconectar até que o pacote telnetd seja instalado.


[ anterior ] [ Índice ] [ próximo ]
Notas de versão para Debian GNU/Linux 2.1 (Slink)
versão 2.1.11, 28 August, 1999
Bob Hilliard hilliard@debian.org
Adam Di Carlo