3.3. Informação Que Vai Necessitar

3.3.1. Documentação

3.3.1.1. Manual de Instalação

Este documento que está a ler, que é a versão oficial do Guia de Instalação para o lançamento squeeze de Debian; disponível em vários formatos e traduções.

3.3.1.2. Documentação de Hardware

Muitas vezes contém informação útil sobre a configuração ou utilização do seu hardware.

3.3.2. Encontrar Fontes de Informação acerca de Hardware

Em muitos casos, o instalador poderá ser capaz de automaticamente detectar o seu hardware. Mas para estar preparado, nós recomendamos familiarizar-se com o seu hardware antes da instalação.

Informação sobre o hardware pode ser reunida a partir de:

  • Os manuais que vêm com cada peça de hardware.

  • Os ecrãs da BIOS no seu computador. Você pode ver esses ecrãs quando inicia o seu computador pressionando uma combinação de teclas. Verifique o seu manual para a combinação. Muitas vezes, é a tecla Delete.

  • As caixas para cada peça de hardware.

  • A janela de Sistema no Painel de Controlo do Windows.

  • Os comandos de sistema ou utilitários noutro sistema operativo, incluindo do gestor de ficheiros. Esta fonte é especialmente útil para informações acerca da RAM e memória do disco rígido.

  • O seu administrador de sistema ou o Fornecedor do Serviço de Internet (ISP). Estas fontes poderão dizer as definições que necessita para configurar a rede e o correio electrónico.

Tabela 3.1. Informação Necessária Sobre Hardware para uma Instalação

Hardware Informação Que Pode Necessitar
Discos Rígidos Quantos possui.
A sua ordem no sistema.
IDE (também conhecido como PATA), SATA ou SCSI.
Espaço livre disponível.
Partições.
Partições onde outros sistemas operativos estão instalados.
Monitor Modelo e Fabricante.
Resoluções suportadas.
Taxa de refrescamento horizontal.
Taxa de refrescamento vertical.
Profundidade da cor (número de cores) suportada.
Tamanho do ecrã.
Rato Tipo: série, PS/2, ou USB.
Porta.
Fabricante.
Número de botões.
Rede Modelo e Fabricante.
Tipo de adaptador.
Impressora Modelo e Fabricante.
Resoluções de impressão suportadas.
Placa de Vídeo Modelo e Fabricante.
Vídeo RAM disponível.
Resolução e profundidade de cor suportadas (devem ser verificadas de acordo com as capacidades do seu monitor).


3.3.3. Compatibilidade de Hardware

Muitas marcas de produtos funcionam sem problemas em Linux. Cada vez mais, o suporte para hardware em Linux está a melhorar diariamente. No entanto, Linux não corre em tantos tipos diferentes de hardware como alguns sistemas operativos.

Em particular, Linux usualmente não consegue correr hardware que precisa de uma versão do Windows para funcionar.

Mesmo assim, algum hardware específico para Windows pode correr em Linux, fazê-lo pode assim necessitar de um esforço adicional. Além disso, os controladores de Linux para hardware específico para Windows são usualmente específicos para um kernel de Linux. Consequentemente, podem tornar-se rapidamente obsoletos.

Os chamados win-modems são o tipo mais comuns deste tipo de hardware. No entanto, as impressoras e outro equipamento podem também ser específicos para Windows.

Pode-se verificar a compatibilidade de hardware fazendo:

  • Verificar as páginas web dos fabricantes acerca de novos controladores.

  • Visualizar páginas web e manuais procurando informação sobre emulação. Marcas menos conhecidas podem às vezes usar os controladores ou configurações de outras mais conhecidas.

  • Verificar a lista de compatibilidade de hardware para Linux em páginas web dedicadas à sua arquitectura.

  • Procurar na Internet pela experiência de outros utilizadores.

3.3.4. Configurações de rede

Se o seu computador está ligado a uma rede 24 horas por dia ( i.e., uma ligação Ethernet ou ligação equivalente — não uma ligação PPP), você deve perguntar ao administrador da rede do sistema por esta informação.

  • O seu hostname (você poderá ser decidir à sua maneira).

  • O seu nome de domínio.

  • O endereço IP do seu computador.

  • A máscara de rede para utilizar na sua rede.

  • O endereço IP da gateway do sistema para onde o seu sistema deve ser encaminhado, se a sua rede tiver uma gateway.

  • O sistema na sua rede que você deverá utilizar como servidor DNS (Domain Name Service).

Por outro lado, se o seu administrador diz que um servidor DHCP está disponível e é recomendado, então você não precisará desta informação porque o servidor DHCP poderá enviar todas essas informações directamente para o seu computador durante o processo de instalação.

Se utiliza uma rede wireless, então deverá também identificar:

  • ESSID da sua rede wireless.

  • Chave de segurança WEP (Se aplicável).