Capítulo 3. Sistema de instalação

Índice

3.1. Quais as novidades do sistema de instalação?
3.1.1. Major changes
3.1.2. Instalação automatizada
3.1.3. Instalar Debian GNU/Linux com um display Braille
3.1.4. Instalar o Debian GNU/Linux com um hardware de síntese de voz

O Instalador Debian é o sistema de instalação oficial para o Debian. Ele oferece vários métodos de instalação. Os métodos disponíveis para instalar seu sistema dependem da sua arquitetura.

Imagens do instalador para o lenny podem ser encontradas juntamente com o Guia de Instalação no site web do Debian.

O Guia de Instalação também é incluído no primeiro CD/DVD dos conjuntos de CD/DVD oficiais do Debian, disponíveis em:

/doc/install/manual/idioma/index.html

Também pode ser do seu interesse verificar a errata do debian-installer que contém uma lista de problemas conhecidos.

3.1. Quais as novidades do sistema de instalação?

Muito desenvolvimento foi feito no Instalador Debian desde seu primeiro lançamento oficial com o Debian GNU/Linux 3.1 (sarge) o que resultou tanto em melhorias nos hardwares para os quais há suporte quanto em alguns novos recursos muito interessantes.

Nas Notas de Lançamento nós listamos somente as grandes mudanças do instalador. Se você está interessado nas mudanças detalhadas desde o etch, por favor, verifique os anúncios de lançamento das versões beta e RC do lenny disponíveis a partir do histórico de notícias do Instalador Debian.

3.1.1. Major changes

Suporte ao carregamento de firmware durante a instalação

Agora é possível carregar arquivos binários de firmware a partir de mídias removíveis quando eles são fornecidos separadamente das mídias de instalação Debian.

Suporte à instalação a partir do Microsoft Windows

A mídia de instalação agora fornece uma aplicação que permite preparar o sistema para instalar o Debian a partir do ambiente Microsoft Windows.

SATA RAID support

Atualização antecipada de pacotes com correções de segurança

Quando usado com acesso funcional à Internet, o instalador atualizará todos os pacotes que tenham sido atualizados desde o lançamento inicial do lenny. Esta atualização acontece durante o passo de instalação, antes do sistema instalado ser inicializado.

Como consequência, o sistema instalado tem menos chance de estar vulnerável a problemas de segurança que foram descobertos e corrigidos entre o momento do lançamento do lenny e a instalação.

Suporte à volatile

O instalador pode opcionalmente configurar o sistema instalado para usar pacotes atualizados a partir do volatile.debian.org. Este repositório contém pacotes que fornecem dados que precisam ser atualizados regularmente, como definições de fusos horários, arquivos de assinatura de antivírus, etc.

Novos portes

Agora há suporte para a arquitetura armel. Imagens para clientes Xen i386 também são fornecidas.

Suporte para dispositivos de síntese de fala

O instalador agora inclui suporte para vários dispositivos projetados para fornecer síntese de fala, dessa forma melhorando sua acessibilidade para usuários com necessidades visuais especiais.

Suporte a opções de montagem relatime

O instalador agora pode configurar partições com a opção de montagem relatime, de forma que os registros de tempo de acesso (“access time”) a arquivos e diretórios só sejam atualizados se o registro de tempo de acesso anterior é mais recente do que os registros de tempo de modificação (“modify”) ou de alteração (“change”) atuais.

Sincronização de relógio NTP durante a instalação

O relógio do computador agora é sincronizado com servidores NTP através da rede e durante a instalação de forma que o sistema instalado imediatamente tenha um relógio preciso.

Novos idiomas

Graças ao grande esforço dos tradutores, o Debian agora pode ser instalado em 63 idiomas (50 usando a interface de usuário em modo texto e 13 para as quais só há suporte com a interface gráfica de usuário). Isto representa cinco idiomas a mais do que no etch. Idiomas adicionados neste lançamento incluem amhárico, marathi, irlandês, sami do norte e sérvio. Devido à falta de atualizações de tradução, um idioma foi removido neste lançamento: estoniano. Outro idioma que tinha sido desativado no etch foi reativado: gaulês.

Os idiomas que só podem ser selecionado usando o instalador gráfico pois seus conjuntos de caracteres não podem ser representados em um ambiente não-gráfico são: amhárico, bengali, dzongkha, gujarati, hindi, georgiano, khmer, malaialam, marathi, nepali, punkabi, tamil e tailandês.

Escolha de país simplificada

A lista de seleção de país agora é agrupada por continentes, permitindo escolher um país mais facilmente, quando usuários não querem escolher os países associados com o idioma escolhido.

3.1.2. Instalação automatizada

Algumas mudanças mencionadas na seção anterior também implicam em mudanças no suporte do instalador a instalações automatizadas usando arquivos de pré-configuração. Isto significa que se você possuir arquivos de pré-configuração que funcionavam com o instalador do etch, você não deve esperar que eles funcionem sem nenhuma modificação com o novo instalador.

O Guia de Instalação possui um apêndice atualizado com extensa documentação sobre o uso de pré-configuração.

3.1.3. Instalar Debian GNU/Linux com um display Braille

Você pode instalar o Debian GNU/Linux 5.0 (lenny) com um display Braille. O display Braille deve estar conectado a uma porta USB ou serial. Se seu display Braille está conectado a uma porta USB e supõe-se que a tabela americana de Braille deva ser usada, você pode pressionar Enter no menu de inicialização. O leitor de tela BrlTTY é padronizado para procurar por displays Braille em portas USB e usar a tabela americana de Braille. Se o display Braille está conectado a uma porta serial ou se você quer usar uma tabela de Braille diferente, você deve primeiro pressionar a tecla Tab no menu de inicialização. Daí, você pode configurar o leitor de tela BrlTTY com o parâmetro de kernel brltty.

Para o parâmetro, a seguinte sintaxe é válida:

brltty=driver,dispositivo,tabela

Todos os operandos são opcionais.

driver

O driver para o display Braille usado. Aqui, você deve informar um código de duas letras ou a palavra auto. Se este argumento não é informado, o reconhecimento automático será ativado por padrão.

dispositivo

O dispositivo pode ser informado relativo ao /dev/ bem como uma especificação absoluta.

tabela

Define a tabela Braille para o idioma desejado. Por padrão, a tabela US é usada.

3.1.3.1. Exemplos

brltty=ht,ttyS0,de

O “Handy Tech Driver”. O display Braille está conectado à COM1. A tabela alemã de Braille é usada.

brltty=,,de

Aqui, somente a tabela alemã de Braille é especificada. Assim, o BrlTTY tentará encontrar um display Braille em uma porta USB.

3.1.4. Instalar o Debian GNU/Linux com um hardware de síntese de voz

[Nota]Nota

Suporte a hardware de síntese de voz só está disponível no instalador em modo texto. No entanto, por questões de espaço, ele é ativado junto com o instalador gráfico que, de qualquer forma, precisa de mais espaço. Portanto, você precisa selecionar a opção Graphical install (Instalação Gráfica) no menu de inicialização.

O hardware de síntese de voz não pode ser detectado automaticamente. Você precisa anexar o parâmetro de inicialização speakup.synth=driver para informar ao Speakup qual driver deverá ser usado. Deve-se substituir driver pelo código do driver do seu dispositivo, veja http://www.linux-speakup.org/spkguide.txt para uma lista de nomes. Ao usar este parâmetro, a versão em modo texto do instalador será automaticamente selecionada e o suporte para a síntese de voz será automaticamente instalado no sistema alvo.