[ anterior ] [ Índice ] [ próximo ]

dselect Documentação para Iniciantes - Capítulo 2
Após o dselect ser carregado


Uma vez no dselect você verá esta tela:

     Debian Linux "dselect" package handling frontend.
     
     0.  [A]ccess  Choose the access method to use.
     1.  [U]pdate  Update list of available packages, if possible. 
     2   [S]elect  Request which packages you want on your system.
     3.  [I]nstall Install and upgrade wanted packages. 
     4.  [C]onfig  Configure any packages that are unconfigured. 
     5.  [R]emove  Remove unwanted software.
     6.  [Q]uit    Quit dselect.

Dê uma olhada nestas opções uma a uma.


2.1 ``Access'' (acesso)

Esta é a tela Access:

     dselect - list of access methods
       Abbrev.        Description
       cdrom          Install from a CD-ROM.
     * multi_cd       Install from a CD-ROM set.
       nfs            Install from an NFS server (not yet mounted).
       multi_nfs      Install from an NFS server (using the CD-ROM set) (not yet mounted).
       harddisk       Install from a hard disk partition (not yet mounted).
       mounted        Install from a filesystem which is already mounted.
       multi_mount    Install from a mounted partition with changing contents.
       floppy         Install from a pile of floppy disks.
       apt            APT Acquisition [file,http,ftp]

Aqui nós dizemos onde os pacotes do dselect estão. Por favor ignore a ordem que eles aparecem. É muito importante que você selecione o método apropriado para a instalação. Você pode ter listado alguns métodos a mais, ou alguns a menos, ou pode ve-los listados em uma ordem diferente; apenas não tema isto. Na lista seguinte, nós descrevemos os diferentes métodos.

multi_cd
Bastante grande e poderoso, este método complexo é o meio recomendado para instalar uma versão recente da Debian de diversos CDs binários. Cada um destes CDs devem conter em si próprios informações sobre seus pacotes e todos CDs anteriores (no arquivo Packages.cd). Quando você selecionar primeiro este método, tenha certeza que o CD-Rom que está usando não esta montado. Coloque o último disco binário da configuração (nós não precisamos dos CDs dos fontes) na unidade e responda as questões que for peguntado:

Uma vez que você atualizar a lista disponível e selecionar os pacotes para serem instalados, o método multi-cd fará o procedimento normal. Você pode precisar executar o passo "install" para cada um dos CDs que for inserido. Infelizmente devido as limitações do dselect ele não pode perguntar a você por um novo disco em cada estágio; o meio para trabalhar com cada disco é:

Pode ser necessário executar o passo de instalação mais que uma vez para obter a ordem da instalação dos pacotes - alguns pacotes já instalados podem precisar ter outros pacotes instalados antes de serem configurados corretamente.

É recomendado executar o passo "Configure" (configurar), para ajudar a corrigir qualquer pacote que foi terminado nesta etapa.

multi_nfs, multi_mount
Estes são muito parecidos com o método multi-cd acima, e são refinamentos do tema de copia com alteração de mídia, por exemplo se estiver instalando através de uma configuração multi-cd exportada via NFS do CD-Rom de outra máquina.

apt
Uma das melhores opções para a instalação através um mirror local dos arquivos da Debian, ou da rede. Este método usa o sistema "apt" para completar a análise de dependências e ordem, assim é provável que ele instale os pacotes em uma ótima ordem.

A configuração deste método é diretamente-progressiva; você pode selecionar qualquer número de diferentes localizações, misturando e unindo URLs file: (discos locais ou discos NFS montados), URLs http:, ou URLs ftp:. Note no entanto que as opções HTTP e FTP não suportam autenticação local em proxies.

Se você tem um servidor proxy para http ou ftp (ou ambos), tenha certeza que você configurou as variáveis de ambiente http_proxy ou ftp_proxy respectivamente. Configure-as através de seu shell antes de iniciar o dselect, i.e.:

      # export http_proxy=http://gateway:3128/
      # dselect

floppy (disquete)
Recomendado para as pessoas sem CD-Rom ou acesso a rede. Não recomendado como uma opção viável de instalação se você está usando disquetes com tamanhos tradicionais, mas pode funcionar bem com LS/120 ou Zip drives. Especifique a localização de sua unidade de discos flexíveis, então insira os disquetes. O primeiro contém o arquivo de pacotes. Este método é lento e podem ocorrer problemas devido a problemas de mídia.

nfs
MÉTODO NÃO RECOMENDADO -- use o apt ou multi_nfs ao invés deste. Somente tente este método se todos os outros falham.

Este é um método de instalação simples, com requerimentos simples: passe a ele o endereço do servidor NFS, a localização da distribuição Debian no servidor e (talvez) o(s) arquivo(s) de pacote(s). Então o dselect instalará as várias seções através servidor. Lento mas fácil; não usa a ordem própria, assim ele pode executar muitas vezes o passo "Install" e/ou "Configure". Obviamente somente apropriado para instalações baseadas na NFS.

harddisk
MÉTODO NÃO RECOMENDADO -- use o apt ou multi_mount ao invés deste. Somente tente este método se os outros falham

Forneça o dispositivo de bloco da partição do disco rígido a ser usado, bem como a localização dos arquivos da Debian naquela partição. Lento e fácil. Não usa a ordem correta, assim ele poderá executar várias vezes os passos "Install" e/ou "Configure". Não recomendado, desde que o método "apt" suporta esta funcionalidade, com a ordem correta.

mounted
MÉTODO NÃO RECOMENDADO -- use o apt ou multi_mount ao invés deste. Somente tente este método se todos os outros falham

Simplesmente especifique a localização dos arquivos da Debian em seu sistema de arquivos. Possívelmente o método mas fácil, mas lento. Não usa a ordem correta, assim ele pode executar várias vezes os passos "Install" e/ou "Configure".

cdrom
MÉTODO NÃO RECOMENDADO -- use multi_cd ao invés deste. Este método simplesmente não funciona com diversos CDs, como os incluídos na Debian %release;.

Preparado para instalação com apenas um CD, este simples método somente pergunta a localização de sua unidade de CD-Rom, a localização da distribuição Debian naquele disco e então (se necessário) a localização dos arquivos de pacotes no. Simples mas totalmente lento. Não usa a ordem correta, assim ele executará diversas vezes os passos "Install" e/ou "Configure". Não recomendado, porque ele assume que a distribuição está em um CD-Rom simples, que não é o caso. Use o método "multi_cd" ao invés deste

Se você tem algum problema -- talvez o Linux não veja sua unidade de CD-Rom, seu NFS montado não esta funcionando ou tem esquecido onde a partição dos pacotes está -- você tem algumas opções:

Após escolher o método de acesso do dselect, você deverá indicar a localização precisa dos pacotes. Se você não conseguir na primeira tentativa, pressione Control-C e retorne ao item "Access".

Uma vez que terminar o programa retornará à tela principal.


2.2 "Update" (atualizar)

dselect lerá os arquivos Packages ou Packages.gz do mirror e criará um banco de dados em seu sistema com todos os pacotes disponíveis. Isto pode demorar um pouco enquando ele copia e processa os arquivos.


2.3 "Select" (selecionar)

Segure seu chapéu. Aqui é onde tudo acontece. O objetivo do exercício é selecionar apenas os pacotes que deseja instalar.

Pressione a tecla Enter. Se você tem um computador lento tenha certeza que a tela continuará apagada por 15 segundos, assim não digite teclas no bash neste ponto.

A primeira coisa que vem na tela é a página 1 do arquivo de ajuda. Você pode obter esta ajuda pressionando ? em qualquer ponto da tela "Select" e você pode paginar entre as telas de ajuda pressionando a tecla . (parada completa).

Antes de você continuar verifique estes pontos:

Dê uma olhada nas duas primeiras linhas do topo da tela "Select".

     dselect - main package listing (avail., priority)          mark:+/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section  Package      Inst.ver    Avail.ver   Description

Este cabeçalho nos relembra de algumas das teclas especiais:

+
Selecione um pacote para instalação.

=
Coloca um pacote em hold -- útil em um pacote corrompido. Você pode reinstalar uma versão antiga e coloca-la em hold enquando você aguarda o aparecimento de uma nova versão.

- Remove um pacote.

_
Remove um pacote e ele configura arquivos.

i,I
Muda/Ciclo entre telas de informações.

o,O
Ciclo entre as opções de ordenação.

v,V
Uma alternação simples/completa. Use esta tecla para destravar os significados de EIOM na linha dois, mais será mostado assim mesmo o resumo aqui. Note que teclas em maiúsculas e minúsculas são muito diferentes no efeito.
     Valor  Significado          Valores possíveis
     E      Erro                 Espaço, R, I
     I      Estado de Instalação Espaço, *, -, U, C, I 
     O      Marca Antiga         *, -, =, _, n
     M      Marca                *, -, =, _, n

Verifique bastante isto antes de sair ou veja a tela de ajuda onde os significados são sempre mostrados. Um exemplo:

Se você entrar no dselect e encontra uma linha como esta:

     EIOM Pri  Section  Package   Description 
       ** Opt  misc     loadlin   a loader (running under DOS) for LINUX kernel

Isto está dizendo que o loadlin foi selecionado quando você executou o dselect, mas ele ainda não foi instalado. Porque não? A resposta deve ser porque o pacote loadlin não está fisicamente disponível. Ele pode estar faltando em seu mirror.

A informação que o dselect usa para ter todos os pacotes corretamente instalados é colocado nos pacotes. Nada no mundo é perfeito e às vezes acontece que as dependências incluidas no pacote estão incorretas, com o resultado que o dselect simplesmente não resolverá esta situação. Um meio provido onde o usuário pode retomar o controle são os comandos Q e X que estão disponíveis na tela "Select".

Q
Como substituição. Força o dselect ignorar as construções em dependências e fazer o que você especificou. Os resultados, é claro, dependem de sua própria cabeça.

X
Use o X se você estiver totalmente perdido. Ele retorna as coisas do modo que estavam e sai.

Teclas que te ajudam a não se perder (!) são R, U e D.

R
Cancela todas seleções neste nível. Não afeta seleções feitas em um nível anterior.

U
Se o dselect propôs alterações e você fez mais adianda U pode restaurar as pré-seleções do dselect

D
Remove as seleções feitas pelo dselect deixando somente as suas.

Como o exemplo que segue. O pacote boot-floppies (não um exemplo para iniciantes, eu acho, mas ele foi escolhido por causa que ele possui algumas dependências) depende destes pacotes:

A pessoa mantendo o pacote boot-floppies também pensa que os seguintes pacotes estão instalados. Estes não são, no entando, essenciais:

Assim quando selecionar o pacote boot-floppies, será mostrada a seguinte tela:

     dselect - recursive package listing mark:             +/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section Package Description
     
     dselect - recursive package listing                         mark:+/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section  Package      Description
       ** Opt admin    boot-floppie Scripts to create the Debian installation floppy set.   
       _* Opt devel    newt0.25-dev Developer's toolkit for newt windowing library
       _* Opt devel    slang1-dev   The S-Lang programming library, development version.
       _* Opt devel    slang1-pic   The S-Lang programming library, shared library subset ki

(Outros pacotes podem ou não aparecer, dependendo do que estiver instalado em seu sistema). Você será notificado que os pacotes requeridos foram selecionados.

A tecla R volta ao ponto de partida.

     dselect - recursive package listing mark:             +/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section Package Description
     
     dselect - recursive package listing                         mark:+/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section  Package      Description
       __ Opt admin    boot-floppie Scripts to create the Debian installation floppy set.   
       __ Opt devel    newt0.25-dev Developer's toolkit for newt windowing library
       __ Opt devel    slang1-dev   The S-Lang programming library, development version.
       __ Opt devel    slang1-pic   The S-Lang programming library, shared library subset ki

Para decidir agora o que você não deseja no boot-floppies, apenas tecle Enter.

A tecla D coloca as coisas no modo que foi selecionado na primeira etapa.

     dselect - recursive package listing mark:             +/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section Package Description
     
     dselect - recursive package listing                         mark:+/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section  Package      Description
       _* Opt admin    boot-floppie Scripts to create the Debian installation floppy set.   
       __ Opt devel    newt0.25-dev Developer's toolkit for newt windowing library
       __ Opt devel    slang1-dev   The S-Lang programming library, development version.
       __ Opt devel    slang1-pic   The S-Lang programming library, shared library subset ki

A tecla U restaura a seleção do dselect:

     dselect - recursive package listing mark:             +/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section Package Description
     
     dselect - recursive package listing                         mark:+/=/- verbose:v help:?
     EIOM Pri Section  Package      Description
       _* Opt admin    boot-floppie Scripts to create the Debian installation floppy set.   
       _* Opt devel    newt0.25-dev Developer's toolkit for newt windowing library
       _* Opt devel    slang1-dev   The S-Lang programming library, development version.
       _* Opt devel    slang1-pic   The S-Lang programming library, shared library subset ki

É sugerido executar com os valoes padrões inicialmente -- você tem uma ampla opurtunidade de adicionar mais depois.

Tudo que você decidir, pressione Enter para aceitar e retornar para a tela principal. Se isto resultar em problemas não resolvidos você pode ir retornando para outra tela de resolução de problemas.

Assim as teclas R, U, e D são muito úteis em diversas situações. Você pode experimentar a vontade e então restaurar tudo e iniciar outra vez. Não olhe eles como sendo uma caixa de vidro escrito "quebre em caso de Emergência".

Após fazer suas seleções na tela "Select", pressione I para você ter uma janela maior, t para te levar ao começo e então use a tecla Page-Down para verificar rápidamente suas configurações. Deste modo você pode conferir os resultados de seu trabalho e encontrar alguns erros superficiais. Muitas pessoas tem desmarcado grupos completos de pacotes por engano e notaram o erro bem mais tarde. dselect é uma ferramenta muito poderosa assim não abuse dele.

Agora você deve ter esta situação:

     package category     status
     
     required             all selected
     important            all selected
     standard             mostly selected
     optional             mostly deselected
     extra                mostly deselected

Feliz? Pressione Enter para sair do processo "Select". Você pode voltar e executar "Select" denovo se desejar.


2.4 "Install" (instalar)

O dselect é executado na configuração completa dos 2050 pacotes e instala aqueles selecionados. Espere ser perguntado para decidir o que fazer. Isto é frequentemente útil para mudar para um shell diferente para comparar, digo, uma configuração antiga com uma nova. Se o arquivo antigo é conf.modules o novo será conf.modules.dpkg-new

A tela rola passando razoavelmente rápida em uma máquina rápida. Você pode iniciar/parar ela com Control-s/Control-q e no fim da execução você pode obter uma lista de quaisquer pacotes desinstalados. Se você deseja ter um registro de tudo que aconteceu, use características normais do Unix como tee ou script

Pode acontecer que um pacote não seja instalado porque ele depente de outros pacotes que estão listados para instalação mas não estão instalados. A resposta aqui é executar "Install" denovo. Tem sido relatado casos onde foi necessário executar 4 vezes antes de tudo ser instalado. Isto pode variar de acordo com seu método de aquisição.


2.5 "Configure" (configurar)

Muitos pacotes foram configurados no passo 3, mas qualquer coisa que passou pode ser configurada aqui.


2.6 "Remove" (remover)

Remove pacotes que estão instalados mas não são requeridos.


2.7 "Quit" (Sair)

É recomendável executar neste ponto /etc/cron.daily/find porque você teve diversos arquivos novos instalados em seu sistema. Assim você pode usar locate para obter a localização de qualquer arquivo dado.


[ anterior ] [ Índice ] [ próximo ]
dselect Documentação para Iniciantes
Stéphane Bortzmeyer bortzmeyer@debian.org