[ anterior ] [ Índice ] [ 1 ] [ 2 ] [ 3 ] [ 4 ] [ 5 ] [ próximo ]

Notas de Lançamento para Debian GNU/Linux 3.0 (`woody'), Intel x86
Capítulo 1 - O que há de Novo no Debian GNU/Linux 3.0


[A versão mais recente deste documento está sempre disponível em http://www.debian.org/releases/stable/releasenotes. Se sua versão é mais antiga que um mês, você deve fazer o download da última versão.]

A edição anterior, Debian GNU/Linux 2.2 ('potato') suportava seis arquiteturas de computador. Nesta edição, aquelas seis foram acrescidas pelas outras quatro indicadas por um asterisco [*] abaixo. Aqui está a lista completa das arquiteturas desta edição:

Debian GNU/Linux 3.0 da arquitetura Intel x86 vem com o kernel versão 2.2.20.

A série 2.2 do kernel foi atualizada e desenvolvida extensivamente introduzindo várias mudanças importantes tanto no kernel quanto nos outros programas baseados em características do kernel, além de um conjunto de novos drivers de hardware e reparos em drivers existentes.

Um kernel 2.4 também é incluído nesta edição para instalação opcional pelos usuários. Apesar de a série 2.4 ser considerada estável pelos desenvolvedores do kernel, o grupo da edição Debian GNU/Linux julgou que esta série ainda não alcançou maturidade suficiente para inclusão como kernel padrão nesta edição.


1.1 O que há de Novo no Sistema de Instalação?

A nova ferramenta debootstrap baixa, desempacota e extrai pacotes Debian GNU/Linux para a instalação do sistema base. Isto é um aperfeiçoamento em relação ao antigo sistema de instalação que utilizava um tarball contendo o sistema base. A instalação do sistema base pode ser atualizada de forma mais dinâmica com este sistema.

O sistema de tarefas foi melhorado. As tasks (tarefas) na edição anterior consistiam de meta pacotes (pacotes que são simplesmente coleções de outros pacotes). O novo sistema usa cabeçalhos especiais dentro do sistema de pacotes existente para designar a quais tarefas um pacote pode pertencer.

Isto permite uma melhor seleção de tarefas e é muito mais fácil instalar apenas os componentes selecionados das tarefas ao invés de instalar todos os pacotes que fazem parte de uma tarefa.

Praticamente toda a configuração durante a instalação e posterior reconfiguração é feita usando o Debconf, que vem em uma variedade de sabores: um método não interativo, diálogo (baseado em curses), e um novo front-end GNOME. O funcionamento do Debconf também foi modificado e melhorado e agora está mais flexível do que nunca. Resumindo, Debconf faz o mundo girar :)

Para obter todos os detalhes sobre o sistema de intalação Debian, aconselha-se que os usuários leiam o guia de instalação Debian, incluído no primeiro CD ou em http://www.debian.org/releases/stable/installmanual

Imagens do kernel estão disponíveis em vários "tipos". Esses tipos podem suportar diferentes conjuntos de hardware. Os tipos disponíveis no Debian GNU/Linux 3.0 para Intel x86 são:

`vanilla'
O pacote de kernel padrão disponível no Debian. Inclui praticamente todos os drivers suportados pelo Linux compilados como módulos. Isso inclui drivers para dispositivos de rede, dispositivos SCSI, placas de som, dispositivos Video4Linux, etc. A opção `vanilla' inclui um disco de resgate, um de raiz e quatro discos de drivers.
`ide'
Muito similar ao `vanilla', exceto por incluir as correções de IDE de André Hedrick para suportar dispositivos UDMA66.
`compact'
Como o `vanilla', mas com muitos dos drivers usados com menos freqüência removidos (sound, Video4Linux, etc). Além disso, tem suporte interno a vários dispositivos de rede PCI populares : NE2000, 3COM 3c905, Tulip, Via Rhine e Intel EtherExpress Pro100. Esses drivers internos permitem que você obtenha todo o benefício da característica de instalação via rede do instalador Debian para instalar os drivers e/ou sistema base pela rede sendo necessário fazer apenas os discos raiz e de resgate. Finalmente, `compact' também suporta vários controladores RAID comuns: DAC960, e controladores SMART2 RAID da Compaq. O tipo `compact' inclui um disco de resgate, um raiz e dois discos de drivers.
`idepci'
O kernel `idepci' suporta apenas dispositivos IDE e PCI (e um número muito pequeno de dispositivos ISA). Este kernel deve ser usado se os drivers SCSI nos outros sabores causam o travamento do sistema na inicialização (provavelmente devido a conflitos de recursos, ou um driver/placa mal comportado em seu sistema. O tipo `idepci' também tem um driver interno ide-floppy de forma que você pode instalar através de dispositivos LS120 ou ZIP.
`bf2.4`
Este é um tipo experimental que usa uma versão especial do pacote kernel-image-2.4. Ele contém suporte a alguns novos hardwares que não existem nos outros tipos (mais estáveis). Ele suporta mais hardware USB, controladores IDE modernos, novas placas de rede e sistemas de arquivo Ext3 e Reiser. Comparando com o conjunto de drivers dos nossos pacotes kernel-image-2.4.x-yz, alguns drivers não essenciais foram removidos para minimizar o número de disquetes necessários.

Os arquivos de configuração do kernel para esses tipos podem ser encontrados em seus respectivos diretórios em um arquivo chamado 'kernel-config'.


1.2 O que há de Novo na Distribuição ?

As ferramentas de gerenciamento de pacotes apt e dpkg do Debian foram consideravelmente melhoradas nesta edição. Agora o apt suporta "pinagens", o que permite que o usuário possa optar por baixar certos pacotes de diferentes distribuições, como testing ou unstable, enquanto ainda mantém o estado de sua instalação na distribuição stable (estável). O APT baixará e instalará automagicamente os pacotes dependentes apropriados da distribuição avançada conforme necessário. Um howto sobre "pinagem" do APT está disponível.

Dependências de compilação foram adicionadas para ajudar na compilação dos pacotes fonte. O método "build-dep" do apt-get pode ser usado para obter todos os pacotes necessários para a compilação antes que a mesma seja iniciada.

Para substituir o velho, amaldiçoado, mas ainda popular dselect, muitos front-ends do apt foram desenvolvidos durante o ciclo de edição do woody. Usuários interessados podem investigar o pacote aptitude.

Esta edição do Debian GNU/Linux contém a versão do muito melhorado XFree86 4.1, que inclui suporte a uma maior quantidade de hardwares, melhor suporte a autodetecção e suporte aperfeiçoado para tecnologias avançadas como Xinerama e aceleração 3D. O XFree86 3.3.6 está disponível como uma opção para suportar hardwarares mais antigos que ainda não são suportados pelo XFree86 4.1.

O Debian 3.0 é muito mais seguro que as edições anteriores. A instalação base provê poucos serviços desnecessários que poderiam ser alvo de ataque. Debian 3.0 inclui muito mais aplicações orientadas a segurança como administração de firewall, segurança de servidor e detecção de intrusões. O sistema de empacotamento também foi melhorado e pode ser configurado para verificar automaticamente assinaturas digitais. Quando configurado, o mesmo se recusará a instalar pacotes Debian caso a assinatura digital não corresponder. Isso limita a possibilidade de instalação de cavalos de tróia e torna fácil e seguro que sistemas atualizem a si próprios automaticamente através da Internet. Ainda, o Debian agora provê documentação intensiva para o administrador da área de segurança incluindo o 'Securing Debian Manual' do Projeto de Documentação Debian (também disponível no pacote harden-doc).

O Debian 3.0 também está muito mais internacionalizado que as edições anteriores graças ao progressivo trabalho dos grupos de tradução de software livre. O Debian inclui configurações padrões para mais línguas que as edições anteriores, e mais de seus programas estão internacionalizados. Isso inclui a instalação dos disquetes deinicialização que foi traduzida para vários idiomas. Há suporte extensivo para Francês, Alemão, Italiano, Japonês, Português, Espanhol, Catalão e Holandês e há mais de cinqüenta grupos de tradução ativos.

Pela primeira vez, o Debian GNU/Linux inclui vários navegadores web livres com amplos recursos como o Mozilla, Galeon e o Konqueror. Com a inclusão do KDE 2.2 pela primeira vez, assim como a nova edição 1.4 do GNOME, a provisão do desktop do Debian foi radicalmente aperfeiçoada.

A distribuição Debian GNU/Linux oficial agora vem em seis CD's binários com um número similar de CD's fonte e uma versão DVD da distribuição também já está disponível.


[ anterior ] [ Índice ] [ 1 ] [ 2 ] [ 3 ] [ 4 ] [ 5 ] [ próximo ]

Notas de Lançamento para Debian GNU/Linux 3.0 (`woody'), Intel x86

$Id: release-notes.pt.sgml,v 1.1 2003/01/04 00:37:57 joy Exp $

Josip Rodin, Bob Hilliard, Adam Di Carlo, Anne Bezemer, Rob Bradford
debian-doc@lists.debian.org