Site web do Debian em diferentes idiomas

Navegação de conteúdo

Uma equipe de tradutores(as) trabalha no site do Debian para convertê-lo para um número crescente de idiomas diferentes. Mas como funciona a mudança de idioma no navegador web? Um padrão chamado negociação de conteúdo permite que os(as) usuários(as) definam seus idiomas preferidos para o conteúdo da web. A versão que eles(as) veem é negociada entre o navegador web e o servidor web: o navegador envia as preferências ao servidor, e o servidor então decide qual versão entregar (com base nas preferências dos(as) usuários(as) e nas versões disponíveis).

Nem todo mundo sabe sobre negociação de conteúdo, então os links na parte inferior de cada página do Debian apontam para outras versões disponíveis. Por favor observe que a seleção de um idioma diferente nesta lista afetará apenas a página atual. Isso não altera o idioma padrão do seu navegador web. Se você seguir outro link para uma página diferente, você o verá no idioma padrão novamente.

Para alterar o idioma padrão, você tem duas opções:

Vá direto para as instruções de configuração para estes navegadores web:

[Chrome/Chromium] [ELinks] [Epiphany] [Firefox] [IBrowse] [iCab] [IceCat (Iceweasel)] [Internet Explorer] [Konqueror] [Lynx] [Microsoft Edge] [Opera] [Safari] [W3M] [Vivaldi]

Como definir o idioma de um navegador web

Antes de descrevermos como definir as configurações de idioma em diferentes navegadores web, algumas observações gerais. Em primeiro lugar, é uma boa ideia incluir todos os idiomas que você fala em sua lista de idiomas preferidos. Por exemplo, se você é um falante nativo do francês, pode escolher fr como seu primeiro idioma, seguido por inglês com o código de idioma en.

Em segundo lugar, em alguns navegadores você pode inserir códigos de idioma em vez de escolher em um menu. Se for esse o caso, lembre-se de que criar uma lista como fr, en não define sua preferência. Em vez disso, ele definirá opções igualmente classificadas, e o servidor web pode decidir ignorar a ordem e escolher apenas um dos idiomas. Se você deseja especificar uma preferência real, deve trabalhar com os chamados valores de qualidade, ou seja, valores de ponto flutuante entre 0 e 1. Um valor mais alto indica uma prioridade mais alta. Se voltarmos ao exemplo com os idiomas francês e inglês, você pode modificar o exemplo acima assim:

fr; q=1.0, en; q=0.5

Tenha cuidado com os códigos de país

Um servidor web que recebe uma solicitação de documento com o idioma preferido en-GB, fr nem sempre serve a versão em inglês antes da francesa. Isso só acontecerá se houver uma página com a extensão de idioma en-gb. Mas funciona ao contrário: um servidor pode retornar uma página en-us se apenas en estiver incluído na lista de idiomas preferidos.

Portanto, recomendamos não adicionar códigos de país de dois campos, como en-GB ou en-US, a menos que você tenha um bom motivo. Se você adicionar um código de dois campos, certifique-se de incluir o código do idioma sem a extensão também: en-GB, en, fr.

Instruções para diferentes navegadores web

Compilamos uma lista de navegadores web populares e algumas instruções sobre como alterar o idioma preferido para o conteúdo web em suas configurações:

  • Chrome/Chromium
    No canto superior direito, abra o menu e clique Configurações -> Avançado -> Idiomas. Abra o menu Idioma para ver a lista de idiomas. Clique nos três pontos ao lado de uma entrada para alterar a ordem. Você também pode adicionar novos idiomas, se necessário.
  • ELinks
    Configurar o idioma padrão em Configurar -> Idioma também mudará o idioma solicitado pelos sites. Você pode alterar esse comportamento e ajustar o cabeçalho idioma-aceito em Configuração -> Gerenciador de opções -> Protocolos -> HTTP
  • Epiphany
    Abra Preferências a partir do menu principal e mude a aba Idioma. Aqui você pode adicionar, remover e ordenar os idiomas.
  • Firefox
    Na barra de menus no topo abra Preferências. Role para baixo até Idiomas e aparência -> Idioma no painel Geral panel. Clique no botão Escolher para configurar o seu idioma preferido para a exibição dos sites web. Na mesma caixa de diálogo, você também pode adicionar, remover e reordenar os idiomas.
  • IBrowse
    Vá em Preferências -> Configurações -> Rede. Aceitar idioma provavelmente exibe um * que é o padrão. Se você clicar no botão Localização, deve ser capaz de adicionar o seu idioma preferido. Se não, você pode inserir manualmente.
  • iCab
    Editar -> Preferências -> Navegador -> Fontes, Idiomas
  • IceCat (Iceweasel)
    Editar -> Preferências -> Conteúdo -> Idiomas -> Escolha
  • Internet Explorer
    Clique no ícone Ferramentas, selecione Opções de internet, mude para a aba Geral e clique no botão Idiomas. Clique Configurar preferências de idioma e no diálogo seguinte você pode adicionar, remover e reordenar os idiomas.
  • Konqueror
    Edite o arquivo ~/.kde/share/config/kio_httprc e inclua a nova linha a seguir:
    Languages=fr;q=1.0, en;q=0.5
  • Lynx
    Edite o arquivo ~/.lynxrc e entre com a seguinte linha:
    preferred_language=fr; q=1.0, en; q=0.5
    Como alternativa, você pode abrir as configurações do navegador pressionando [O]. Role para baixo até Idioma preferido e adicione a linha acima.
  • Microsoft Edge
    Configurações e mais -> Configurações -> Idiomas -> Adicionar idiomas
    Clique no botão de três pontos ao lado de uma entrada de idioma para mais opções e para alterar a ordem.
  • Opera
    Configurações -> Navegador -> Idiomas -> Idiomas preferidos
  • Safari
    O Safari usa as configurações de todo o sistema no macOS e iOS, portanto, para definir seu idioma preferido, por favor abra Preferências do sistema (macOS) ou Configurações (iOS)
  • W3M
    Pressione [O] para abrir o Painel de opções de configuração, role para baixo até Configurações de rede -> Cabeçalho aceitar-idioma. Pressione [Enter] para mudar as configurações (por exemplo fr; q=1.0, en; q=0.5) e confirme com [Enter]. Role até o fim até [OK] para salvar suas configurações.
  • Vivaldi
    Vá em Configurações -> Geral -> Idioma -> Idiomas aceitos, clique Adicionar idioma e escolhe um do menu. Use as setas para mudar a ordem de sua preferência.

Como substituir as configurações

Se por qualquer motivo você não conseguir definir o seu idioma preferido nas configurações do navegador, dispositivo ou ambiente de computação, pode substituir as preferências do seu navegador usando um cookie como último recurso. Clique em um dos botões abaixo para colocar um único idioma no topo da lista.

Por favor observe que isto irá configurar um cookie. Seu navegador apagará automaticamente o cookie se você não visitar este site por um mês. Claro, você sempre pode excluir o cookie manualmente em seu navegador web ou clicando no botão navegador padrão.

Solução de problemas

Às vezes, o site do Debian aparece no idioma errado, apesar de todos os esforços para definir um idioma preferido. Nossa primeira sugestão é limpar o cache local (disco e memória) em seu navegador antes de tentar recarregar o site. Se você tiver certeza absoluta de que configurou seu navegador corretamente, então o problema pode ser um cache corrompido ou mal configurado. Isso está se tornando um problema sério nos dias de hoje à medida que mais e mais ISPs veem o cache como uma forma de diminuir o tráfego na rede deles. Leia a seção sobre servidores proxy, mesmo se você achar que não está usando um.

É claro que sempre é possível que haja um problema com www.debian.org. Embora apenas alguns problemas de idioma relatados nos últimos anos tenham sido causados por um bug do nosso lado, é perfeitamente possível. Portanto, sugerimos que você primeiro investigue suas próprias configurações e um possível problema de cache antes de entrar em contato conosco. Se https://www.debian.org estiver funcionando, mas um dos espelhos não, por favor relate isso para que possamos contatar os(as) mantenedores(as) do espelho.

Potenciais problemas com servidores de proxy

Servidores proxy são, essencialmente, servidores web que não têm conteúdo próprio. Eles ficam entre os(as) usuários(as) e os servidores web reais, pegam as requisições de páginas web e buscam a página. Depois disso, repassam a página a você, mas também fazem uma cópia local, que fica no cache para requisições posteriores. Isso pode realmente baixar o tráfego de rede quando muitos(as) usuários(as) requisitam a mesma página.

Enquanto isso é uma grande ideia na maior parte do tempo, também causa falhas quando o cache está bugado. Em particular, alguns servidores de proxy antigos não entendem negociação de conteúdo. Isso resulta no cache de uma página em um idioma e o provimento dela, mesmo se um idioma diferente for solicitado depois. A única solução é atualizar ou substituir o software de cache.

Historicamente, os servidores proxy eram usados apenas quando as pessoas configuravam seus navegadores web corretamente. De qualquer modo, já não é este o caso. Seu ISP pode estar redirecionando todas as solicitações HTTP por meio de um proxy transparente. Se o proxy não lidar com a negociação de conteúdo adequadamente, os(as) usuários(as) podem receber páginas em cache no idioma errado. A única maneira de corrigir isso é reclamar com seu ISP para que ele atualize ou substitua o software.