Notícias Semanais Debian (Debian Weekly News) - 17 de Janeiro de 2006

Bem vindo à terceira edição deste ano da DWN, o periódico semanal para a comunidade Debian. Simon Josefsson propôs uma licença adequada para Debian e FreeBSD à Internet Engineering Task Force, que publica os documentos RFC. Michael Banck anunciou a disponibilidade de pacotes X.org para o Hurd.

Status do Port m68k. Wouter Verhelst anunciou os planos da equipe do porte m68k para o futuro após sua falha em vários requerimentos para o etch. O sucessor do m68k da Freescale, a variante do ColdFire com MMU (memory management unit - unidade de gerenciamento de memória) aumentaria em 4 vezes ou mais a velocidade dos buildds atuais. Para analisar as possibilidades de tal porte híbrido, a Freescale ofereceu ao Debian cinco placas ColdFire que estão a caminho para a equipe do porte m68k do Debian.

Divisão dos Espelhos Debian. Anthony Towns anunciou que o espelho primário do Debian em breve conterá apenas a arquitetura i386 ao invés de todas, a arquitetura amd64 pode ser adicionada posteriormente. Nomes de domínios especiais serão criadas para as outras arquiteturas. Ele pediu ajuda na comunicação com os administradores de espelhos e na manutenção da lista mestra de espelhos.

Liberando Software sob a GPL. Svante Signell questionou como marcar os arquivos que serão disponibilizados sob a GNU General Public License (GPL) em um pacote de software. Justin Pryzby afirmou que todos os arquivos com conteúdo criativo devem ser adequadamente marcados. Brian Nelson adicionou que a maioria destas questões já foram respondidas pela Free Software Foundation.

Descobrindo Pacotes Negligenciados. Thomas Huriaux escreveu alguns scripts para descobrir pacotes negligenciados pelos seus mantenedores. A saída deve ajudar os desenvolvedores a decidir quais pacotes ajudar. A lista é ordenada pelo número de bugs, data do último upload do mantenedor, número de uploads de não-mantenedor e número de bugs críticos ao lançamento.

Distribuindo Software GPL. Daniel Carrera questionou como ele deve obedecer o requerimento pelo código fonte, feito pela GNU GPL, enquanto está distribuindo CDs do OpenOffice.org durante uma exibição. Andrew Suffield explicou que a forma mais simples é preparar cópias do código fonte e dá-las apenas para aqueles que pedirem por elas.

Manutenção Colaborativa de Pacotes. Seguindo a última discussão do encontro Debian-QA em Darmstadt, Raphaël Hertzog descreveu o básico para a manutenção de pacotes por uma equipe usando um sistema de controle de versão. O objetivo é encontrar um modo razoável para o Debian permitir que contribuidores externos integrem seu trabalho dentro do Debian.

Atualizações de Segurança. Você sabe o que fazer. Certifique-se de atualizar seus sistemas caso tenha algum destes pacotes instalado.

Pacotes Novos ou Notáveis. Os seguintes pacotes foram adicionados ao repositório debian instável ("unstable") recentemente ou contêm atualizações importantes.

Pacotes Órfãos. 7 pacotes tornaram-se órfãos nesta semana e precisam de novos mantenedores. Isto totaliza 171 pacotes órfãos. Muito obrigado aos desenvolvedores anteriores que contribuíram para a comunidade do Software Livre. Veja as páginas WNPP para a lista completa, e adicione uma nota ao relatório de bug, renomeando-o para ITA:, caso pretenda adotar um pacote.

Pacotes Removidos. 22 pacotes foram removidos do repositório Debian durante a última semana:

Quer continuar lendo a DWN? Ajude-nos a criar este periódico. Nós ainda precisamos de mais escritores voluntários que observem a comunidade Debian e relatem sobre o que está acontecendo. Veja a página sobre contribuições para descobrir como ajudar. Nós estamos aguardando ansiosamente sua mensagem em dwn@debian.org.


Para receber este boletim semanalmente em sua caixa postal, inscreva-se na lista debian-news-portuguese (versão em Português Brasileiro). Para receber o boletim em inglês, inscreva-se na lista debian-news.

Edições anteriores deste boletim estão disponíveis.

Esta edição das Notícias Semanais Debian foi editada por Axel Beckert e Martin 'Joey' Schulze.
Ela foi traduzida por Gustavo R. Montesino, Marco Carvalho, Augusto Cezar Amaral e Felipe Augusto van de Wiel.