Projeto Debian Jr.

Debian para crianças de 1 a 99 anos

Este é um Debian Pure Blend (abreviadamente, Blend). Nosso objetivo é fazer do Debian um SO que as crianças de todas as idades vão querer usar. Nosso foco inicial será produzir algo para crianças até os 8 anos. Uma vez que tenhamos realizado isso, nossa próxima faixa etária alvo será de 7 a 12 anos. Na medida que forem alcançando a adolescência, elas devem estar confortáveis usando o Debian sem nenhuma modificação especial.

Notícias

Sem itens neste ano.

Para notícias antigas, veja a página de notícias do Debian Jr.

Imprensa

Lista de discussão

O Debian disponibiliza uma lista de discussão para este grupo. Você pode se inscrever nela a partir da página de inscrições em listas de discussão ou ler os arquivos da lista.

Canal no IRC

Temos um canal de discussão em tempo real, #debian-jr em irc.debian.org.

Site comunitário

Agora temos um site comunitário do Debian Jr. no Alioth onde os(as) desenvolvedores(as) e também os(as) usuários(as) são encorajados(as) a contribuir com o Projeto Debian Jr.

O que posso fazer para ajudar?

Estamos interessados em ouvir o que você acha que o Debian Jr. poderia fazer, particularmente se você gostaria de ajudar a fazê-lo acontecer.

Instalação

O pacote junior-doc contém o guia rápido, cuja versão atual em desenvolvimento está referenciada aqui. Os formatos postscript e texto também estão disponíveis. Este documento guiará você através do processo simples de instalação. Se você está instalando o Debian pela primeira vez, consulte primeiro o manual de instalação.

Pacotes no Debian Jr.

Os Debian Pure Blends estão criando visões gerais sobre os pacotes nos quais são interessantes para o grupo de usuários alvo.

Parcerias

Apesar do Debian Jr. trabalhar com muitos outros projetos no Debian em vários níveis, alguns têm um significado especial para nós.

  • O primeiro é o Debian-custom, com o qual estamos desenvolvendo o conceito de distribuições Debian personalizadas. Hospedamos toda nossa atividade de desenvolvimento aqui, e discutimos questões comuns a todas as CDDs (Custom Debian Distributions) na lista de discussão deles(as).
  • O segundo é o DebianEdu, que não apenas tem um trabalho relacionado com o nosso, mas também está reforçando o desenvolvimento das CDDs (Custom Debian Distributions).

O mais importante projeto parceiro do Debian Jr. fora do Debian é o Open Source Education Foundation (OSEF). Por anos, o OSEF nos deu recursos, coragem e inspiração. Agora temos um lugar no conselho, e estamos comprometidos em colaborar com eles(as) em vários projetos que envolvem nosso trabalho.

O desenvolvimento do Debian para uso em escolas não é o foco primordial do nosso grupo de trabalho. Esta aplicação, entretanto, invariavelmente vai de encontro com nosso trabalho. Aqueles(as) que participam da criação de uma criança naturalmente se preocupam com sua educação. Nós compartilhamos da visão daqueles(as) que estão trabalhando para fazer com que o software livre se enraíze e cresça em nossas escolas. Assim, temos orgulho de ser um membro da Schoolforge.

Membro da Schoolforge

Somos um projeto amigo do Tux4Kids, que fornece alguns ótimos pacotes para o Debian Jr.

Objetivos do Debian Jr.

Fazer o Debian ser atrativo para as crianças

O objetivo primordial do projeto Debian Jr. é fazer do Debian um SO que nossas crianças queiram usar. Isto envolve alguma sensibilidade às necessidades das crianças, expressas por elas próprias. Como pais e mães, desenvolvedores(as), irmãos(ãs) mais velhos(as), administradores(as) de sistemas, temos que manter nossos ouvidos e olhos abertos e descobrir o que é que faz os computadores atrativos para crianças. Sem esse foco, podemos facilmente nos desviar tentando alcançar objetivos abstratos como "amigabilidade ao(à) usuário(a)", "simplicidade", "baixa manutenção", ou "robustez", que, apesar de serem certamente objetivos louváveis para o Debian como um todo, são muito vastos para abordar as necessidades específicas e desejos das crianças.

Trabalhar com outros projetos de software livre voltados para crianças

Já existem outros projetos (por exemplo, SEUL/edu e jogos para crianças) que têm objetivos que se sobrepõem ou se encaixam nos nossos. Ao invés de duplicar esforços, nós tentamos trabalhar com esses grupos para assegurar que o Debian faça o melhor uso do seu trabalho, e retribuir com contribuições aos esforços deles(as) a partir dos nossos. O Debian Jr. deve se manter focado em (mas não limitado a) objetivos específicos do Debian. Indivíduos do Debian Jr. são encorajados(as) a se juntar a esses grupos na medida em que o tempo e o interesse permitam.

Aplicações

Naturalmente, crianças têm necessidades e desejos diferentes dos adultos sobre as aplicações que elas escolhem usar. Algumas serão jogos, enquanto outras serão processadores de palavra, editores de texto, programas de desenho, e coisas do tipo. A meta é identificar as aplicações de mais alta qualidade disponíveis no Debian que sejam apropriadas para crianças, e garantir que as aplicações escolhidas sejam mantidas em um estado de boa manutenção. Uma meta na implementação é prover metapacotes para fazer a instalação de grupos de aplicações "amigáveis a crianças" mais fácil para o(a) administrador(a) de sistemas. Outra meta é melhorar nossos pacotes de formas que importam particularmente às crianças, o que pode significar preencher um vão na documentação ou pode ser mais complexa, envolvendo trabalho com os(as) autores(as) principais.

"Proteção contra crianças" e gerenciamento de contas

A ideia aqui não é necessariamente implementar medidas resistentes de segurança. Isto está além da nossa jurisdição. A meta é simplesmente prover os(as) administradores(as) de sistema com documentação e ferramentas para configurar seus sistemas de forma que as suas, naturalmente curiosas, crianças usuárias não irão "quebrar" suas contas, sugar todos os recursos do sistema, ou então fazer coisas que precisarão de intervenções constantes do(a) administrador(a) de sistema. Esta é uma preocupação que concerne às crianças mais do que aos(às) usuários(as) adultos(as), já que elas tendem a explorar e deliberadamente levar o sistema aos limites só pra ver o que acontece. A bagunça resultante pode ser tanto divertida quanto frustrante. O objetivo é manter sua sanidade (e senso de humor) como um(a) administrador(a) de sistemas para crianças.

Aprendendo a usar o computador

O objetivo de "proteção contra crianças" precisa ser balanceado com o objetivo de deixar as crianças tentarem as coisas (e sim, quebrá-las) e encontrar soluções para seus problemas. Aprender a usar o teclado, a interface gráfica, o shell e linguagens de computador são coisas em que pais, mães, filhas e filhos igualmente precisam de algumas dicas para ajudar a mantê-los na direção certa.

Interface de usuário

Descobrir e implementar interfaces gráficas e de texto que funcionem bem para as crianças e sejam atrativas para elas. A ideia por trás disso não é reinventar a interface de usuários, mas agregar valor às ferramentas e pacotes existentes (gerenciadores de janela, sistemas de menu e assim por diante), provendo algumas configurações pré-selecionadas que achamos que funcionam melhor para crianças.

Orientação familiar

Dar aos pais e mães (e em alguns casos, irmãos(ãs) mais velhos(as)) as ferramentas para ajudar seus filhos(as) (ou irmãos(ãs)) a aprender sobre computadores e colocar limites razoáveis no seu acesso, guiando-os em direção ao uso independente do computador à medida em que eles amadurecem. Por exemplo, muitos pais e mães se preocuparão em regular o uso da Internet para proteger seus filhos(as) até que eles(as) atinjam a idade adequada para lidar com conteúdo adulto. O importante é lembrar que os pais e mães escolherão o que eles(as) acharem que é melhor para os seus filhos(as). O grupo do Debian Jr. não faz esse julgamento, mas está aqui para ajudar a prover as ferramentas e documentação para ajudar os pais e mães com essas decisões. Dito isto, creio que esse objetivo deveria focar mais no aspecto de "orientação" do que na restrição, já que o primeiro significa um atuação positiva e o segundo negativa.

Sistemas para crianças

Apesar do nosso objetivo primário como administradores(as) de sistemas para crianças seja configurar contas para elas em nossos próprios sistemas e populá-las com aplicações que elas gostam, chega uma hora em que conseguimos dar a elas seus próprio sistema. A realização mais ambiciosa deste objetivo seria um programa Debian equivalente aos computadores "de brinquedo" no mercado: brilhantes e coloridos, cheios de desenhos e pré-configurados com software para crianças de uma determinada faixa etária. É importante manter em mente que este ainda seria um sistema Debian, e não uma derivação (fork) da distribuição Debian. É um objetivo perfeitamente alcançável através do sistema de gerenciamento de pacotes do Debian (através de metapacotes, por exemplo) e não deveria precisar de uma derivação no desenvolvimento para produzir um Debian especial "edição para crianças".

Portes

Existem diversas excelentes aplicações por aí projetadas ou atraentes para as crianças, que gostaríamos que fossem portadas para o Linux. Podemos ajudar no transcorrer do processo, primeiro mostrando que o Debian é uma plataforma viável para crianças pelo trabalho deste projeto, e segundo, pelos nossos esforços coletivos e individuais solicitando aos fabricantes de software e autores(as) a fazerem portes dos seus produtos para Linux. Se eles(as) puderem ser convencidos(as) a fazer seu software livre de acordo com a DFSG, melhor ainda.

Internacionalização

Apesar do inglês ser o idioma "universal", nem todas as crianças o têm como língua materna. E apesar de internacionalização ser um objetivo do Debian em si, os problemas com o idioma são amplificados quando lidamos com crianças. Crianças não vão querer usar o Debian se não existir suporte ao seu idioma, e se sentirão mais confortáveis usando outros SOs onde este suporte for melhor. Consequentemente, precisamos manter isso em mente.

Marketing & RP

Assim que tivermos alguma coisa para mostrar sobre este projeto, e certamente até nos estágios de formação do mesmo, estamos sendo observados(as) pelo mundo todo (já recebi um e-mail particular de uma pessoa da imprensa). Necessariamente teremos que trabalhar com o press@debian.org para divulgar e ajudar o Debian Debian e este projeto no tipo de exposição que desejamos. Sei que muitos(as) de nós como desenvolvedores(as) somos indiferentes a tais preocupações, ou não gostamos de se envolver com tais coisas, mas se não mantivermos esse objetivo em mente, estaremos desistindo desse papel em favor de outras pessoas que podem não entender ou representar precisamente o que defendemos.