Canto dos Novos Membros ] [ Lista de itens para os aplicantes ] [ Passo 1 ] [ Passo 2 ] [ Passo 3 ] [ Passo 4 ] [ Passo 5 ] [ Passo 6 ] [ Passo 7 ]

As informações nesta página, embora públicas, são de interesse principalmente dos(as) futuros(as) desenvolvedores(as) Debian.

Etapa 3: filosofia e procedimentos

Filosofia

Espera-se que o(a) candidato(a) se encaixe na comunidade Debian, que é construída em torno da filosofia do Software Livre. O que o Debian entende como "livre" e como isso é aplicado, é explicado no contrato social e na definição Debian de software livre.
O(A) futuro(a) desenvolvedor(a) precisa entender esses documentos suficientemente bem para expressar as ideias e ideais descritos lá em suas próprias palavras. Como esse entendimento é exatamente realizado e comunicado, fica a critério do(a) candidato(a) e de seu(sua) gestor(a). Os métodos a seguir servem apenas como sugestão, não como requisito, mas são exemplos de maneiras de concluir esta etapa do processo. Várias oportunidades serão fornecidas para o(a) candidato(a) mostrar entendimento nessas áreas.

Nota: embora exijamos que o(a) candidato(a) concorde com a filosofia do Debian, isso é limitado ao trabalho realizado para o Debian. Entendemos que as pessoas precisam ganhar a vida e às vezes são obrigadas a trabalhar em projetos não livres para seu(sua) empregador(a) ou cliente.

O Debian não tenta controlar o que o(a) candidato(a) pensa sobre esses assuntos, mas é importante para a estabilidade de um projeto tão grande e amorfo que todos(as) os(as) participantes trabalhem dentro do mesmo conjunto de princípios e crenças básicas.

O gestor(a) de candidatura (AM) decidirá quando os critérios para cada etapa foram atendidos. As diretrizes a seguir tentam apenas fornecer exemplos úteis. Na maioria dos casos, uma mistura de todos os critérios será usada.
O AM e o(a) candidato(a) podem decidir sobre outras tarefas além das especificadas aqui. Essas tarefas devem ser documentadas claramente no relatório final para o(a) gestor(a) de contas Debian.

1. O contrato social

O contrato social declara os objetivos e aspirações do Debian. Ele também tenta expressar nossas responsabilidades autoimpostas ao resto da comunidade.
Um entendimento adequado das prioridades que damos a essas várias responsabilidades, e estar de acordo com elas, são essenciais para qualquer candidato(a).

O entendimento pode ser documentado de várias maneiras:

  • Uma discussão com o AM sobre os vários termos do contrato social, expressando como eles se relacionam entre si e com a organização do Debian.
  • Uma discussão sobre os objetivos pessoais do(a) candidato(a) no Debian, como eles se encaixam no contrato social, em alguns casos pode ser suficiente.
  • O(A) candidato(a) pode descrever o contrato social com suas próprias palavras, explicando algumas das partes mais complexas e como o Debian se esforça para cumpri-las.
    Nota: esta é a maneira geralmente escolhida.

2. A definição Debian de software livre (DFSG)

Esses princípios funcionam como diretrizes para determinar a liberdade oferecida por uma licença específica.

Embora a maioria dos(as) candidatos(as) não sejam advogados(as), todos(as) devem ser capazes de expressar e usar o entendimento dos princípios básicos estabelecidos nestas diretrizes.

O entendimento pode ser documentado de várias maneiras:

  • O(A) candidato(a) discute várias licenças e tenta mostrar se elas são livres ou não. Nesse processo, a AM pode apontar casos especiais e fazer mais perguntas sobre a DFSG.
    Nota: esta é a maneira geralmente escolhida.
  • O(A) candidato(a) compara a definição debian de software livre com outras diretrizes sobre Software Livre e aponta semelhanças e diferenças.

Qualquer que seja o método usado, o(a) candidato(a) deve concordar com esses princípios, além de mostrar um entendimento do seu significado e conteúdo.

Não concordar com estes termos encerrará o processo de candidatura.

Procedimentos

Os procedimentos padrão e as políticas que evoluíram na criação do sistema Debian são muito importantes para gerenciar o trabalho distribuído dos(as) voluntários(as). Eles garantem a qualidade geral do Debian e geralmente ajudam a evitar problemas entre os(as) desenvolvedores(as) fornecendo um conjunto de diretrizes para a interação em casos especiais.

Como o(a) candidato(a) mostra seu entendimento depende do(a) gestor(a) de candidatura, mas há alguns itens essenciais que sempre devem ser abordados. A lista a seguir documenta o que é obrigatório para as verificações de procedimentos:

É claro que existem muitos outros tópicos que podem ser cobertos pelas verificações de novos(as) membros(as), mas o AM deve escolher apenas aqueles que são relevantes para a área em que o(a) candidato(a) deseja trabalhar. A qualidade mais importante é que o(a) futuro(a) desenvolvedor(a) saiba onde procurar informações sobre eles.

O(A) candidato(a) deve também ler a política de uso de máquinas do Debian (DMUP) e concordar em cumpri-la.


Canto dos Novos Membros ] [ Lista de itens para os aplicantes ] [ Passo 1 ] [ Passo 2 ] [ Passo 3 ] [ Passo 4 ] [ Passo 5 ] [ Passo 6 ] [ Passo 7 ]