Mantendo as traduções da página atualizadas

Como as páginas não são estáticas, é uma boa idéia controlar a qual versão do original uma dada tradução refere-se, e usar esta informação para checar quais páginas foram alteradas desde a última tradução. Esta informação deve ser adicionada ao início do documento (abaixo de quaisquer outros cabeçalhos use) na seguinte forma:

#use wml::debian::translation-check translation="X.x"

onde X.x é o número da versão CVS do original (inglês). Você pode obter este número olhando em CVS/Entries que está no seguinte formato: /nome_do_arquivo/X.x/data//. Você também pode obtê-lo executando cvs status nome_do_arquivo no diretório fonte inglês. Se você usar o script copypage.pl no diretório webwml, esta linha será adicionada automaticamente.

Esta informação também é útil porque algumas traduções podem não ser atualizadas por bastante tempo, apesar do idioma original (inglês) o ser. Devido à negociação de conteúdo, o leitor do idioma traduzido pode não estar ciente e perder informações importantes, introduzidas em versões novas do original. O modelo translation-check contém código para verificar se sua tradução está desatualizada, e produzir uma mensagem apropriada alertando o usuário sobre isso.

Também há alguns parâmetros adicionais que você pode usar na linha #use:

original="idioma"
onde idioma é o nome do idioma no qual você está traduzindo, caso este não seja o inglês. O nome deve corresponder ao subdiretório do idioma no CVS e ao nome no modelo languages.wml.
mindelta="número"
define a diferença máxima entre as revisões CVS antes que a tradução seja considerada antiga. O valor padrão é 1. Para páginas menos importantes, configure-o para 2, o que significa que duas alterações precisam ser feitas antes que a tradução seja considerada antiga.
maxdelta="número"
define a diferença máxima entre as revisões CVS antes que a tradução seja considerada desatualizada. O valor padrão é 5. Para páginas muito importantes, configure-o para menos. Um valor de 1 faz com que cada alteração seja considerada como suficiente para tornar a tradução desatualizada.

Isto também permite que nós tenhamos estatísticas de tradução, um relatório de todas as traduções desatualizadas com links que ajudam a visualizar as diferenças entre os arquivos, bem como uma lista de páginas que ainda não foram traduzidas. Este recurso foi pensado para ajudar tradutores e atrair novas pessoas para nos ajudar.

Para evitar a apresentação de informações muito desatualizadas aos nossos usuários, traduções que não tenham sido atualizadas seis meses após a página original ter sido alterada serão removidas automaticamente. Veja a lista de traduções desatualizadas para descobrir quais páginas estão correndo perigo de serem removidas.

Adicionalmente, o script check_trans.pl está disponível no diretório webwml/, ele mostrará um relatório com as páginas que precisam de atualizações:

check_trans.pl idioma

onde idioma é o diretório que contêm suas traduções, e.g. swedish.

Páginas que não possuem traduções serão exibidas como "Missing nome_do_arquivo", e páginas que não estão atualizadas em relação ao original serão exibidas como "NeedToUpdate nome_do_arquivo to version x.y".

Se você quiser ver quais são exatamente as alterações, você pode adicionar a opção de linha de comando -d ao comando acima. Note que isto pode demorar algum tempo uma vez que pode incluir vários acessos ao servidor CVS.

Se você quiser ignorar avisos em arquivos ausentes (por exemplo, notícias velhas), você pode criar um arquivo chamado .transignore no diretório onde você quer evitar os avisos, listando cada arquivo que não será traduzido, com um nome por linha.

Um script similar para manter o controle das traduções das descrições das listas de discussão também está disponível. Por favor, leia os comentários no script check_desc_trans.pl para documentação.